As Atitudes

As Atitudes em Fair Leaves são mais relacionadas à maneira como cada personagem encara a situação do que a o que ele faz ou como ele faz. Elas são relacionadas de certa forma a posturas que cada personagem tem em relação às coisas, e portanto cada tipo de personagem costuma se focar um pouco mais em uma ou duas das Atitudes.

As Atitudes em Fair Leaves são:

  • Ativa: agilidade corporal, velocidade, força física, vitalidade. Um personagem com uma Atitude Ativa alta possui tudo isso. Pessoas Ativas são capazes de correr rápido, erguer coisas pesadas e subir em árvores com facilidade e presteza. Pessoas ativas podem obviamente ser ruins: basta pensar nos Valentões que espancam o que eles acreditam ser problemas até que eles deixem de ser problemas. Exemplos de Ações Ativas são: segurar um tronco velho tempo o bastante para o resto da Turma não ser pego por ele; se esquivar das bolas de uma brincadeira de queimada; empurrar um Mandão para dentro de um cesto de lixo fedorento (não faça isso, por favorzinho!);
  • Desenvolta: calma sob pressão, saber fazer as coisas certas no momento certo, estar antenado e ter uma postura confiante e positiva, essas são as características das pessoas Desenvoltas. Pessoas com uma Atitude Desenvolta sabem quando agir ou não, como reagir de maneira a manter a trnaquilidade de todos mesmo sob pressão e manter a postura mesmo quando sob pressão. Pessoas Desenvoltas podem ser a realidade extremamente frias, fazendo o que elas querem sem se importar com as pessoas. Exemplos de Ações Desenvoltas: organizar todos quando o time está perdendo e falta poucos minutos para o jogo acabar; observar as coisas e saber quando será o momento certo de agir; aparentar ser frio e assustador para que o Valentão não tente nenhuma gracinha com a turma!
  • Divertida: a Atitude Divertida tem a ver com espirituosidade, empatia e vontade. Pessoas Divertidas são a alma da festa: elas contam as melhores piadas, fazem palhaçadas para todos rirem e sabem todos os jogos e brincadeiras para que todos aproveitem cada instante das férias. Claramente que pessoas Divertidas podem o ser à custa dos outros: a diferença apenas é se as pessoas riem com você, de você ou para você. Exemplos de Ações Divertidas são: lembrar uma piada engraçada e adequada para contar quando todos parecem estar de mal-humor; perceber que as velhas roupas dos adultos servem para a brincadeira de piratas que estão todos preparando; fazer uma careta bem ridícula que fará o Valentão ficar bem bravo e ir em cima de você enquanto o resto da Turma foge;
  • Esperta: a Atitude Esperta tem a ver com a Inteligência, Conhecimento e Raciocínio. Pessoas Espertas tendem a demonstrar possuirem e aplicarem grandes conhecimentos, serem criativas e dominarem todo o tipo de informação. Claro que atitudes mais más podem ser feitas por pessoas Espertas também. Exemplos de ações Espertas são: descobrir na biblioteca o livro da enciclopédia que contem a matéria para a redação do fim de semestre; lembrar o tipo de inseto que está perto de outra pessoa e se ele é perigoso; misturar algumas coisas de um kit de química para fazer uma bomba fedorenta (ECA!) para usar contra um garoto mandão
  • Fofa: a Atitude Fofa é relacionada à inocência e delicadeza da vida. Pessoas Fofas tendem a ser mais elegantes e graciosas com as coisas, e em geral são mais empáticas do que as demais. Como a inocência também pode ser usada de maneira sutilmente inapropriada, pessoas Fofas também são capazes de trapaças e outras atitudes matreiras. Exemplos de ações Fofas são: escolher as melhores flores para levar para a professora; saber quando uma nota foi tocada errada em uma apresentação de música; fazer um pequeno beicinho para convencer os outros de que você não tinha a intenção de derrubar a torta na cabeça do valentão;

Os personagens começam com uma Atitude em +3, duas Atitudes em +2 e duas em +1.

A Turma

A Turma é a primeira ligação que todos possuem com pessoas de fora de sua família, desconsiderando-se as ligações de autoridade. Em uma Turma, todos são iguais em direitos, deveres e responsabilidades. As idades podem ser levemente diferentes, mas todos interagem mais ou menos de maneira igual.

Apesar disso, dessa aparente igualdade, as pessoas vão percebendo que são diferentes entre si: algumas possuem talentos que outras não possuem, ideias que as demais não compartilham e opiniões com as quais elas não discordam. Isso pode levar a pequenas desavenças, desentendimentos e complicações.

Mas para os integrantes da Turma, isso não é tão importante: eles possuem uma ligação profunda entre si. Sejam por estudarem na mesma classe, terem encontrado juntos um local onde criaram uma espécie de Santuário onde poderiam se divertir ou estarem de algum modo relacionados por serem todos da mesma igreja ou clube, ou mesmo por seus pais se conhecerem, eles desenvolveram entre si uma ligação aprofundada. Muitas vezes, apenas os integrantes da Turma se entendem bem, e eles entendem que todos se conhecem bem, ou ao menos bem o bastante para que os desentendimentos e desavenças não levem ao fim da Turma.

E não são poucos que tentam isso: existem Adultos que não aceitam quando você diz que seus amigos são mais importantes que a ordem da sala; existem Valentões que acham que resolvem todos os problemas os surrando até que eles deixem de ser problemas; existem garotos Mandões que acreditam que podem ter o que querem quando querem, e que a Turma é algo que ele quer AGORA para seu bel-prazer; existem os garotos Esquisitos, que soam tão assustadores que não conseguem interagir com nada e nem com ninguém (ao menos enquanto ninguém procura entender suas esquisitices); e existem todo o tipo de situações que podem colocar em risco a Turma, seja individualmente ou como um grupo.

Mas para todos da Turma, a Turma é um local onde eles podem se abrir sem maiores riscos. Claro que as travessuras do Travesso podem incomodar o Certinho, e o Geninho e o Atleta podem se bicarem para descobrir o que é mais legal, se um jogo de baseball ou uma boa tarde na biblioteca lendo sobre os romanos. Mas mesmo nesses casos, a Turma como um todo tende a levar a situação para algo mais simples, mais interessantes para todos, de modo que todos possam aproveitar bem a vida. Claro que isso pode implicar em o Atleta indo à biblioteca (que ele acha chata), ou o Certinho participando de uma travessura do Travesso (mesmo sabendo que isso vai colocá-los em encrenca). Mas o fundamental é que a Turma existe como Um por todos e Todos por um..

Como sugestão, Narrador, faça com que cada personagem contribua com um Aspecto para a Turma. Esses Aspectos da Turma poderão ser invocado por qualquer jogador a qualquer momento. Entretanto, uma vez que eles são compartilhados por TODOS, uma Forçada desse Aspecto afetará todos os personagens.

Aspectos da Turma podem representar:

  • Turmas ou garotos Rivais
    • A Turma da Rua de Cima é um bando de chatos
    • O McHog é um grande problema!
  • Pessoas que eles admiram ou temem
    • O Senhor Goatzeit nos dá medo!
    • Os sorvetes da senhora Hecket são demais!
  • Locais que funcionam como ponto de encontro, “bases secretas” ou qualquer coisa similar
    • A Doceria da Senhora Hecket é um bom lugar para ficar!
    • O Velho Carroção perto da propriedade McBaalian é nossa base secreta!

A Cartilha da Turma

Como uma Regra Opcional, mas muito aconselhável, a Turma deveria ser descrita em uma Cartilha própria, ainda que a mesma seja mais uma lista de Aspectos que ligam os personagens.

Primeiramente, os jogadores devem definir O que uniu a Turma? Em que condições a Turma começou a andar junta. Essa primeira condição pode oferecer coisas interessantes sobre o passado dos personagens, como o fato de Os nossos pais se conhecem e trabalham juntos ou mesmo falar de coisas sobre o presente, como Todo mundo odeia Richard McHog.

Em seguida, os jogadores devem dizer O que mantem a Turma Unida? Se o Aspecto anterior dizia o que uniu os personagens, eese diz o que os mantem unidos. Pode ser desde A gente realmente se gosta demais até mesmo Devemos nos proteger contra os valentões.

Depois, defina um Santuário para a turma, um ponto de encontro onde eles ficam muito à vontade, mais do que em qualquer lugar. Esse local pode ser qualquer um, como O Quarto de William e Sara, O Carroção perto do Lago Donahue, ou até mesmo A Mansão Mal-Assombrada Bieberaus

Por fim, seria interessante que cada personagem adicionasse um Aspecto da Turma, como dito anteriormente, de modo a agregar mais coisas ao cenário.

Exemplo: Leandro terminou de criar seu personagem, Simeon, e ele vai jogar com Samantha (jogando como o Certinho William Shepard), Luis (a Travessa Sara Shepard), e Danielle (a Geninha Sally Saintbern). Para ter uma noção do que os personagens desejam, o narrador Sergio puxa uma Cartilha da Turma e decide que ele quer colocar algumas coisas no lugar antes de tudo começar.

Primeiramente, ele pergunta aos jogadores O que uniu a Turma? Luis decide que eles se uniram quando William e Sara chegaram da Cidade Grande, possivelmente para além de Great Willows, a maior cidade da Região, e precisaram se enturmar quando passaram a estudar na Escola do Sr. Goatzeit. No caso, Simeon e Sally foram as pessoas que se aproximaram dos irmãos ovelha e decidiram se manter unidos. No caso, Sara e William precisavam de amigos pode ser o Aspecto para essa pergunta.

Em seguida, ele pergunta O que mantem a Turma Unida? A resposta deles é meio automática, já que Todos odeiam Richard McHog e seus capangas, o que faz com que eles permaneçam em conjunto evitando os problemas que os mesmos trazem.

Por fim, ele pede que os personagens definam o Santuário da Turma, o local onde todos ficam muito à vontade e podem passar muito tempo, além de ser onde os mesmos guardam todo o tipo de cacareco interessante. Danielle pergunta se poderiam ter alguma coisa meio antiga, que todos pudessem ver, mas que apenas a Turma utilizaria (ou assim eles pensam). Sergio decide que existe um velho Carroção, da época da Corrida do Ouro, que ficou abandonado próximo à Caverna do Urso Malhado, do velho Moinho McBaalian, perto do Lago Donahue que fica um pouco além da cidade, já na zona rural de Fair Leaves. Eles acham legal, e concordam que o Santuário da Turma seja O Velho Carroção perto do Lago Donahue

Agora, Sergio pede que cada um dos personagens crie um Aspecto da Turma para melhorar a descrição da Turma.

  • Leandro decide que Simeon cria, junto com a Turma, Buster, o melhor Cão Perdigueiro da Região, um cachorro que acompanha a Turma para cima e para baixo e ajuda os personagens sempre que pode. Buster aparenta ser meio largado, mas é um cachorro bem mais esperto do que aparenta
  • Samantha diz que William sempre se envolve, junto com a Turma, no Circo Comunitário e Brigada de Palhaços dos Cavaleiros da Diversão, mantido pela Associação Cultural de Fair Leaves, que é comandada pelo velho Sylvester “Silly Silver” Sälvalner, um antigo palhaço de circo que se estabeleceu em Fair Leaves quando ficou mais velho. Esse Circo Comunitário apresenta-se regularmente em desfiles cívicos e eventos da cidade, inclusive na Feira Agrícola, e William adora as apresentações, por achar as mesmas muito divertdas, ainda mais quando ele participa com truques de mágicas e esquetes engraçadas junto com a turma.
  • Luis decide que Sara pensa que O Senhor Goatzeit poderia parar de pegar no pé deles. Não que eles sejam exatamente problemáticos, mas Sara é o típico espírito livre que acha que sabe mais do qua a maioria (o que não é verdade), e isso acaba colocando a Turma em confusão.
  • Por fim, Sally gosta muito dos Instrumentos musicais do seu avô, que ela cuida bem e deixa no Carroção para tanto ela quanto a Turma os utilizar. Essa é uma das poucas “coisas de Menina” que Sally gosta de fazer, e ela é muito boa, sempre se apresentando quando pedido.

Com isso, temos a Ficha das Turma pronta.

Os Aspectos da Turma, ou seja, os Aspectos qu estão na Cartilha da Turma, podem ser usados por qualquer um dos personagens da Turma. Por exemplo, se William precisa de proteção contra os valentões de Kristoff Dobermann, ele pode usar o fato de Buster é o melhor cão perdigueiro da região! para trazer o velho Buster para dar um susto nos valentões e com isso fazer eles fugirem de medo.

Entretanto, os Aspectos da Turma também podem atuar contra a turma, tanto via Invocações Hostis quanto via Forçadas. Por exemplo: se todos sabem que O Carroção perto do Moinho é nossa Base Secreta, é lógico que os valentões de Kristoff Dobermann podem saber também, e estarem esperando a Turma lá quando todos estiverem achando que escaparam. E sempre tem a possibilidade de precisarem resgatar Buster que resolveu fugir por algum motivo qualquer, justo quando tme aquela tarefa difícil para entregar ao senhor Goatzeit.

No caso de Invocações Hostis ou Forçadas, cada personagem da Turma recebe um Ponto de Destino se todos aceitarem a Forçada. Entretanto, para negar o uso, TODOS devem pagar 1 Ponto de Destino CADA!

Regra Opcional: Assumindo sozinho a bronca

Quando um dos Aspectos de Turma for Forçado, um dos personagens pode Assumir Sozinho a Bronca. Para isso, ele deverá marcar uma Condição apropriada E pagar um Ponto de Destino. Além disso, o resto da Turma não recebem Pontos de Destino: afinal de contas, eles não estão sofrendo os efeitos da mesma

Exemplo: Buster, o melhor cão perdigueiro da região! resolveu fugir da Turma por algum motivo qualquer. Mas a Turma não pode ir toda atrás do Buster pois precisam preparar um projeto para a Feira de Ciências da Escola. No caso, Sara decide Assumir sozinha a Bronca, já que ela é a que em teoria tem menos a contribuir no trabalho. Sara opta por Pagar o Ponto de Destino pela Turma e marcar sua Condição Cansado, descrevendo como Sara vai até quase no limite entre Fair Leaves e Great Willows, perto do Monte Safira para buscar Buster, que apenas estava passeando um pouco por conta (cachorro malvado!) e volta completamente cansada enquanto o resto da Turma prepara o trabalho para a Feira de Ciências… Sorte que William já deixou pronto o saco de dormir para que Sara tire um cochilo…

Cartilha - O Travesso

Não tem como evitar: em toda Turma, toda mesma, tem aquela criança mais travessa. Seja roubando algumas frutas do pomar do vizinho ou escalando muros para ir buscar a pipa na casa do vizinho bravo, o Travesso é aquele quem vai se enfiar em riscos e roubadas pela Turma. E ocasionalmente ele irá trazer problemas também, ao responder de maneira mais engraçadinha ao professor ou então arrumar confusão com o Valentão.

O Travesso não aceita ou acredita em limites: na realidade, ele não se vê como um pestinha ou travesso como os demais se vêem, mas sim como alguém livre, que faz o que dá na telha sem pensar nas consequências, pelo menos não de início. A principal diferença entre um Travesso e um Mandão ou Valentão é que o Travesso não faz o que faz com o objetivo de ser mal com os demais, e sim porque ele simplesmente não se controla.

O Travesso normalmente é de certa forma antagônico ao Atleta e ao Certinho, pois costuma achar os dois chatos com todas as regras e por aí afora. Normalmente também não se dá tão bem com o Geninho, pois pensa que ele gasta tempo demais lendo livros, quando poderia conseguir coisas de maneira bem mais simples. Estranhamente, o Tímido costuma ser alguém que ele vê com bons olhos: primeiro pelo fato de o Tímido ser um dos poucos que não questiona o que ele faz, por outro lado o Tímido é um dos poucos que o Travesso não prega peças.

Normalmente um Travesso é reconhecido por:

  • Fazer o que for preciso pela Turma
  • Agir de maneira livre e desimpedida
  • Não ter medo das consequências, pelo menos de imediato

Por outro lado, um Travesso acaba sendo vítima de:

  • Pessoas que não gostaram de suas travessuras
  • Consequências imprevistas de suas travessuras
  • Descofiança dos demais, em especial quando ele passa dos limites

Aspectos

Pergunta Aspecto
Que tipo de travessuras você gosta de fazer?  
Que tipo de travessura você nunca, jamais faria?  
O que você pensa sobre a sua Turma?  

Sugestão de Atitudes

Segue abaixo três sugestões diferentes de distribuição das Atitudes para um Travesso

Atitude Sugestão 1 Sugestão 2 Sugestão 3
Ativa Bom (+3) Razoável (+2) Regular (+1)
Desenvolta Razoável (+2) Bom (+3) Regular (+1)
Divertida Regular (+1) Razoável (+2) Bom (+3)
Esperta Razoável (+2) Regular (+1) Razoável (+2)
Fofa Regular (+1) Regular (+1) Razoável (+2)

Façanha Exclusiva:

  • Deixa comigo! - Uma coisa que não se pode questionar do Travesso é que ele não tem medo de cair de cabeça e fazer o que for necessário pela Turma e por suas travessuras, ao ponto de quase ser inconsequentes. Desse modo, todos os usos de Invocações Gratuitas por Aspectos gerados pelo Travesso para qualquer um oferece um bônus de +3 ao invés do normal +2. Além disso, toda vez que o Travesso oferece um bônus passivo de Trabalho em Equipe, esse bônus sobre de +1 para +2.

Personagem exemplo - Sara Shepard

Aspectos

Pergunta Aspecto
Que tipo de travessuras você gosta de fazer? Se meninas não fazem, eu faço
Que tipo de travessura você nunca, jamais faria? Não machucaria alguém nunca, ao menos não por querer
O que você pensa sobre a sua Turma? É sempre bom ter alguém com quem se divertir
  Hugh precisa se soltar!
  Super-protetora quanto a William

Atitudes

Atitude Nível
Ativo Bom (+3)
Desenvolto Razoável (+2)
Divertido Regular (+1)
Esperto Razoável (+2)
Fofo Regular (+1)

Façanha Exclusiva:

  • Deixa comigo! - Uma coisa que não se pode questionar do Travesso é que ele não tem medo de cair de cabeça e fazer o que for necessário pela Turma e por suas travessuras, ao ponto de quase ser inconsequentes. Desse modo, todos os usos de Invocações Gratuitas por Aspectos gerados pelo Travesso para qualquer um oferece um bônus de +3 ao invés do normal +2. Além disso, toda vez que o Travesso oferece um bônus passivo de Trabalho em Equipe, esse bônus sobre de +1 para +2.

Façanhas:

  • Roubei seu livro - receba +2 ao Atacar sendo Esperto quando um conhecimento dos hábitos e tendências do alvo for vantajoso

História:

Apesar de ser irmã gêmea de William, ela é tão parecida com ele quanto a água é do óleo. Sempre se vestindo de maneira prática, Sara é muito mais ativa que qualquer menina da cidade, talvez com a possível exceção de Diana, e é muito mais ativa que muitos dos meninos da cidade! Além disso, se existe uma coisa que deixa todos os meninos da cidade malucos é que ela é bem travessa: se for preciso, ela usa estilingue, trapaceia em jogos, e qualquer outra coisa para conseguir mostrar que não é “apenas uma menininha”, exceto se isso envolver machucar uma outra pessoa.

Sara veste-se basicamente da mesma forma que William, mas mais ampla, já que ela precisa muito de capacidade de mover-se e por aí afora. Ela sempre tem também algum cacareco útil em seus bolsos, e subentenda-se útil coisas que ela pode utilizar em pequenas trapaças que ajudem a Turma, como sapos de brinquedos, bolinhas de gude e até mesmo um estilingue!

Sara, apesar de tudo, tem o coração no lugar, bastando ver o quanto ela se preocupa com o fato de Tomás e de, em especial, Hugh não estarem se sentindo ainda à vontade em Fair Leaves. Além disso, possui um lado superprotetor quanto à Turma, e em especial quanto ao seu irmão William: quer ver ela fora de si é mexer com um deles!