Solomon

Esse personagem seguiu as regras do Fate Acelerado e seguiu também as regras específicas de Strays

Aspectos:

Conceito: Uma jibóia sábia
Dificuldade: Sangue frio em tudo
  “Não existe emoções, existe a paz”
  “Vegetariano” - não come outros Strays e animais Bondosos
  Um mestre muito antigo

Abordagens:

Ágil Medíocre (+0)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Razoável (+2)
Estiloso Regular (+1)
Poderoso Regular (+1)
Sorrateiro Bom (+3)

Façanhas: [Recarga: 3]

  • Constrição: Como sou uma Jibóia, sempre que eu Atacar e obtiver um sucesso com estilo, posso baixar em 1 o Estresse e aplicar no alvo um Aspecto Aprisionado, com uma Invocação Gratuíta

Embaraço:

  • Lógica Fria e Reptílica: Recebo +1 em todos os meus testes envolvendo análise lógica, pois sou muito esperto; Entretanto recebe -1 em todos os meus testes sociais, pois minha frieza chega a assustar.

Solomon é um caso muito raro entre os Strays: uma cobra do lado dos Bonzinhos.

Isso se deve ao fato de Solomon ter sido muito bem cuidado por seu antigo dono, que gostava de cobras e outros répteis.

Como ele não é muito de caçar animais, ele se considera “vegetariano”, não comendo outros Strays e animais de estimação.

Já quanto aos animais Malvados, aí a coisa muda de figura e eles são considerado caça, e na cabeça dele bem farta, diga-se de passagem.

Ao ser levado para a Fazenda, ele assumiu um compromisso com o Velho Nick de ensinar os demais: ele ficou bastante tempo na Fazenda, o que pode ser revelado pelo seu tamanho e pelos anéis em sua pele.

Ele é assustador para os que não o conhecem normalmente, e sua frieza lógica é muitas vezes assustadora, mas os que o conhecem bem sabem que ele está com o Bem acima de tudo.

Ele acredita em uma postura de paz que é quase Jedi. Dizem, entretanto, que quando o tiram do sério, ele pode tornar-se o pior pesadelo.

Samwise

Esse personagem seguiu as regras do Fate Acelerado e seguiu também as regras específicas de Strays

Aspectos:

Conceito: Um hamster super-esperto
Dificuldade: Tímido até para o nível de hamsters
  “É assim mesmo que os humanos agem”
  Um coração de ouro por baixo de uma cara assustada
  Se orgulha de saber bastante sobre muita coisa

Abordagens:

Ágil Razoável (+2)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Bom (+3)
Estiloso Medíocre (+0)
Poderoso Regular (+1)
Sorrateiro Regular (+1)

Façanhas: [Recarga: 1]

  • Roda, Roda, Roda: Como estou acostumado a correr em rodas e coisas do gênero, recebo +2 ao Criar Vantagens de Maneira Ágil sempre que precisar deslocar objetos, imaginando que tenha o tempo adequado para os empurrar
  • Falo em qualquer idioma, mesmo!: sempre que precisar entender qualquer idioma (incluindo os dos humanos), recebo +2 em testes de Superar Obstáculos de Maneira Esperta. Além disso, dado que tenha tempo, posso ler os idiomas humanos
  • Cultura Pop humana: recebo +2 ao Superar de Maneira Esperta dificuldades ao lidar com coisas da Cultura Pop humana, já que viv muito tempo entre os humanos

Embaraço:

  • Muito tempo entre humanos: Recebo +1 sempre que precisar identificar coisas humanas e como elas funcionam, já que vivi muito tempo entre os mesmos, mas ao mesmo tempo recebo -1 ao interagir com a natureza, por pura falta de costume.

Samwise foi criado como um animal de estimação desde muito pequeno por um garotinho nerd, que lhe mostrava todas as coisas humanas, inclusive cultura pop.

Obviamente, esse crescimento deixou Samwise (nome que seu dono tirou de Senhor dos Anéis) pouco adaptado para viver junto a outros animais, mas isso nunca o incomodou tanto. Porém, obviamente foi chegando o tempo em que ele teria que se separar do seu amigo humano, pois seu tempo estava chegando: ele já estava muito velho para correr na roda e se sentia muito cansado.

Em uma certa noite de Natal, o Velho Nick veio o buscar e levar à Fazendo, onde viu muito mais animais do que tinha visto em sua vida inteira. Ele aos poucos foi se enturmando, mas ainda possui muita dificuldade ao lidar com os demais animais.

Mas seus préstimos são muito úteis por ser um dos poucos animais que conseguem entender o que os humanos falam e escrevem.

Obviamente, existem aqueles que acham que Samwise é muito mole e foi “mimado” demais por seu antigo dono, mas mesmo estes reconhecem que Samwise é um dos Strays mais úteis que existe quando precisam ajudar seres humanos.

Puffers

Esse personagem seguiu as regras do Fate Acelereado e seguiu também as regras específicas de Strays

Aspectos:

Conceito: Um velho e sábio gambá
Dificuldade: Os Velhos Tempos ainda me assombram
  “Abaixar, Tocar, Parar, Vai!”
  “Os humanos nunca me abandoram” - Sente carinho pelos humanos
  Todos merecem uma chance, como eu mesmo tive!

Abordagens:

Ágil Regular (+1)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Bom (+3)
Estiloso Medíocre (+0)
Poderoso Regular (+1)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanhas: [Recarga: 3]

  • O Perfume de um Gambá: Como eu sou um Gamba Realmente Fedido,recebo +2 ao Criar Vantagens de maneira Esperta envolvendo meu mau-cheiro

Embaraço:

  • É tudo sobre cheiros: Recebo +1 sempre que preciso usar meu faro para discernir coisas, mas eu recebo -1 em todos os meus rolamentos sociais porque eu realmente não cheiro bem

Puffers ja foi um dos maiores, mais malvados e mais fedidos gambás de todo o mundo. Não por vontade propria, que fique claro: ele não teve opção, já que foi criado por uma matilha de gambás Malvados, ate que eles o abandonaram quando ele pisou em uma armadilha para ursos em uma floresta em Gloucester, deixando-o para morrer.

O que aconteceria se um garoto robusto e muito carinhoso (tão carinhoso quanto enorme) o encontrou e o levou para casa, cuidou do seu ferimento da pata de Puffers e lhe deu carinho. Puffers quase perdeu a pata, já que a armadilha de ursos estava enferrujada e sua pata infeccionou gravemente, mas graças ao garoto Puffers se curou do ferimento. Mesmo considerando seu mau cheiro (que Puffers nunca conseguiu ocultar totalmente), o garoto não apenas não o abandonou, mas o tornou seu bicho de estimação e mascote de seu time de rugby.

E nisso Puffers o ajudou, fazendo ele acordar no horário para a escola e para os treinos (tentando não o deixar fedido no processo), enfrentando alguns outros bichos Malvados (como alguns esquilos e toupeiras que destruiam o campo de rugby ocasionalmente apenas pela diversão) e apoiando o time de rugby (que passaram a ser conhecidos como os Gloucester High School Skunks).

O garoto então cresceu, tornando-se um homem forte e de grande coração e caráter, um hooker de Rugby profissional de alto nivel, com um pé na seleção nacional, e chegou o dia deles se separarem, quando o Velho Nick veio e levou Puffers para A Fazenda.

Puffers já tinha então decidido por ser um Bom bicho e se redimir de seu passado. Entrentato, esse passado negro dele vem à tona de tempos em tempos, o que lembra a Puffers que o caminho de redenção que ele escolheu é difícil, mas muito satisfatório.

Puffers é o icônico Velho Mestre em Missão, que confia em sua sabedoria e perícias e faz as coisas sempre no momento certo. Ele também procura uma redenção para o que fez quando jovem, e ele sempre é o primeiro a dar uma chance para aqueles Malvados que se arrependem, embora ao mesmo tempo ele é duro (mas leal) ao enfrentar o Mal.