Raças de D&D como Conceitos

Link original

OK, já falamos anteriormente sobre a formatação básica que usamos ao criar Conceitos em um post anterior e também mencionamos como usar a experiência de D&D ao criar Conceitos. Nesse post vamos falar um pouco sobre a idéia de usar as raças básicas do Guia do Jogador de D&D como parte do Conceito.

De maneira diferente aos demais posts dessa série, a raça em D&D pode substituir os elementos de Descrição, Profissão ou Twist de um Conceito, de modo que você pode Ser:

  • Um Orc Poderoso que é Dono de uma Arma Poderosa
  • Um Feiticeiro Elfo que Enfrenta uma maldição
  • Um Ferreiro Esperto que é um Anão

A tabela abaixo provê alguns detalhes sobre as raças padr~ao do Livro do Jogador do D&D. Estou utilizando como referência a 5ª Edição do mesmo, mas muito das informações aqui também devem valer para as versões anteriores.

Nota: Em muitas edições os humanos são uma raça genérica e “pau para toda obra” portanto não a incluí abaixo. Quando eu utilizo as raças de D&D em um jogo de Fate, assumo que, caso a raça não seja mencionada, o personagem é humano.

No Raça Quando Invocar Quando Forçar
1 Anões Invoque em testes de resistência, para resistir a envenenamento, quando usar machados, trabalhar com pedra ou ver no escuro Force quando manter-se fiel de maneira teimosa a tradições puder lhe trazer problemas, para fazer seu ódio racial contra goblinóides aparecer, e quando sua ojeriza com barcos e desejo de riqueza puder lhe trazer problemas
2 Elfos Invoque em testes envolvendo destreza manual, expressão artística, audição, visão, conhecimento de magia ou ao resistir aos efeitos de encantamento. Force para fazer com que elfos desconsiderem as opiniões de raças mais jovens mesmo quando isso puder os beneficiar ou quando a animosidade ancestral contra anões puder lhe trazer problemas
3 Halflings Invoque em testes envolvendo atividades ladinas, destreza manual, resistir ao medo e manter-se tranquilo. Force quando o tamanho reduzido e a reputação de brincalhões dos halflings puder colocar-lhe em apuros
4 Draconatos Invoque para resistir a dano baseado na sua herança dracônica, em testes de força ou para criar vantagens baseadas em sua arma de sopro Force para fazer o draconato recusar-se a render-se a um combate potencialmente fatal, para fazê-lo recusar-se a ouvir outros pontos de vista ou para fazer as pessoas reagirem a ele de maneira hostil.
5 Gnomos Invoque em testes de habilidade de artesanato, esperteza ou ao invocar/resistir aos efeitos de ilusões. Force para que o gnomo execute uma travessura que o coloque em encrenca.
6 Meio-elfos Invoque para testes de Comunicação envolvendo elfos ou humanos, quando lidando com autoridades ou resistindo a encantamentos. Force para que partes das sociedades humana e élfica o vejam com desconfiança.
7 Meio-orcs Invoque em testes de força, resistência, ou quando for necessário apelar à intimidação. Force para que raças mais civiizada atuem de maneira hostil contra ele (particularmente anões) ou quando a fúria do sangue orc em suas veias puder explodir no pior momento possível
8 Tieflings Invoque ao lidar com demônios, conhecimento sobre os mesmos e ao resistir a dano baseado em fogo Force para que estranhos efeitos demoníacos ocorram com o personagem ou quando outras raças agirem de maneira hostil a você.

Exemplos:

Vou criar alguns exemplos rolando 3 vezes em cada tabela (usando essa tabela em conjunto com as tabelas de Conceito de Fantasia) e ver o que sai, portanto usando um rolador de dados online obtive:

Exemplo 1: Resultados 8, 4 e 17

Sou um Assassino Tiefling que é muito sortudo

Posso invocar esse Aspecto quando:

  • Lidar com demônios ou com conhecimento sobre os mesmos
  • Ao resistir a dano baseado em fogo
  • Tentar eliminar alguém de surpresa
  • Meu conhecimento sobre golpes mortais for valioso.
  • Uma situação fortuíta for favorável ao personagem.

Posso ter o Aspecto Forçado quando:

  • Estranhos efeitos demoníacos ocorram comigo
  • Outras raças agirem de maneira hostil a mim.
  • Minha reputação sinistra puder me fazer ser expulso ou ostracizado de alguma forma
  • For colocado de frente com um contrato que ele deve cumprir em um momento ruim.
  • Um evento muito vier equilibrar as coisas.

Exemplo 2: Resultados 17, 1 e 1

Sou um Anão impiedoso que enfrenta uma maldição

Posso invocar esse Aspecto quando:

  • em testes de resistência;
  • resistir a envenenamento;
  • usar machados;
  • trabalhar com pedra;
  • ver no escuro
  • Intimidar outros que tenham ouvido falar na minha reputação
  • Enfrentar meu destino.

Posso ter o Aspecto Forçado quando:

  • Puder entrar em apuros envolvendo a lei ou pessoas que queiram obter alguma reputação tirando você do caminho;
  • as pessoas lhe derem as costas e resolverem me atrapalhar
  • Um NPC potencialmente aliado se negar a me ajudar devido a sua reputação de frio e calculista.
  • Manter-me fiel de maneira teimosa a tradições puder me trazer problemas
  • meu ódio racial contra goblinóides aparecer
  • minha ojeriza com barcos e desejo de riqueza puder me trazer problemas
  • Coisas estranhas ocorrerem e forem devidas à minha maldição

Exemplo 3: Rolamentos 3, 2 e 6

Sou um triste cavaleiro que é meio-elfo

Posso invocar esse Aspecto quando:

  • tentar trazer para si as simpatias de outras pessoas
  • tentar fazer-se por coitadinho.
  • desafiar alguém para um combate
  • envolvido em atos de cavalaria.
  • rolar testes de Comunicação envolvendo elfos ou humanos
  • lidar com autoridades
  • resistir a encantamentos.

Posso ter o Aspecto Forçado quando:

  • confrontado por alguém com circunstâncias particularmente trágicas que precise de sua ajuda, mesmo quando for inconveniente para você
  • para ignorar algum ganho que você possa ter, já que está tão afundado em mágoas para perceber.
  • o seu senso de honra e noblesse obligé o colocar em situações complicadas.
  • partes das sociedades humana e élfica o verem com desconfiança.
Saiba Mais (996 palavras...)

Tu’an-Yao - o Monge Usato

O povo Usato é um povo em geral pacífico que vive em uma região afastada, no Vale Verde, em comunidades quase que autosuficiente.

Entretanto eles nunca fecharam os olhos ao sofrimento e à maldade de fora. Ocasionalmente, em muitos locais do mundo, batedores, guerreiros, ladinos e monges Usato podem ser vistos.

São facilmente reconhecíveis pelos longos pés, pernas musculosas que lhe dão força para saltar e chutar, olhos com grandes pupilas, muitas vezes albinos, rostos com focinhos enormes e grandes narinas, que lhes permitem ocasionalmente discernir cheiros (nos mais treinados) e orelhas que algumas vezes correspondem a um quinto de sua altura real, o que é bastante considerando que o Usato típico não tem mais que 1,60 de altura (desconsiderando-se as orelhas).

Tu’an-Yao é um desses monges: desde que terminou sua instrução básica de monge, dominando alguns poucos poderes mentais, ele foi enviado pela própria ordem, para recolher conhecimentos de todos os tipos que os Usato possam usar para melhorar sua vida e a de outros povos próximos ao Vale Verde.

Ele já atravessou muitos locais, e viu criaturas de todos os tipos, incluindo todas as coisas que foram deixadas para trás pelos eventos do passado. Ele inclusive descobriu amigos, como Shukul, o herdeiro da Espada de cristal, e Sheila, a Ladina Numana, à qual se aliou após alguns eventos. Como ele não é um combatente dos mais proficientes, ele decidiu que era uma boa idéia manter-se ao lado de Shukul, Sheila e os demais.

Tu’an-Yao tem altura mediana para um Usato, portanto tem em torno de 1,65m de altura total, incluindo os mais de 30cm de orelhas. Ele não é tão esguio quanto o Usato típico, que mais parece com um homem-lebre do que com o homem-coelho que é Tu’an-Yao, mas ele é muito mais ágil do que aparenta. Sempre se veste com roupas leves em cor azul. Seus olhos possuem pupilas enormes de um verde esmeraldino, que se contrapõe à mancha cinza no pelo sobre o olho direito. Não possui muito equipamento, à exceção de uma série de pequenos tomos onde anota os acontecimentos de suas viagens e uma chakram presa à cintura, que usa para defesa.

Tu’an-Yao é pacífico em geral e procura resolver as coisas com a sua mente, na qual confia mais: não apenas possui conhecimento o bastante, mas ele confia muito em suas habilidades como negociador e nos seus poderes mentais. Não suporta injustiça e em seu coração existe um espaço especial aos mais fracos. Em compensação, existe uma chama de fúria escondida nos olhos esmeralda dele que explode quando ele vê poderosos abusando dos mais fracos: os Usato são conhecidos como guerreiros perigosos quando “colocados contra a parede”.

Informações Básicas

  • Bioforma: Usato (Homem-Coelho) - Mutabeast (Rabbit)
  • Classe: Monge

Aspectos

Tipo Aspecto
Conceito: Um Sábio Monge Usato com poderes mentais
Motivação: Preciso descobrir mais conhecimento para proteger as pessoas
Pessoal: Sede de viagem
  Shukul possui a Força para mudar o mundo… Mas falta-lhe a Sabedoria
  Sheila é muito imatura, precisa aprender a se controlar

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil: Razoável (+2)
Cuidadoso: Razoável (+2)
Esperto: Bom (+3)
Estiloso: Medíocre (+0)
Poderoso: Regular (+1)
Sorrateiro: Regular (+1)

Façanhas: [Recarga: 2]

  • Dobrar Mentes: Pode usar Esperto para Atacar. Em caso de Sucesso com Estilo, pode descobrir um Aspecto do Alvo com Invocação Gratuita ao invés de receber um Impulso. Nunca fica Desarmado
  • Leitor de Mentes: Pode usar Cuidadoso para Criar Vantagens para descobrir a natureza verdadeira de seus inimigos. Ao descobrir um Aspecto em um alvo, passa a receber +2 ao Descobrir ou Criar Vantagens de Maneira Esperta no mesmo alvo.
  • Precognição: Uma vez por cena, quando Defender-se de maneira Cuidadosa contra armadilhas ou uma ameaça estática, pode utilizar Outcome Surge para o resultado;
  • Pernas Poderosas: Recebe +2 ao Superar obstáculos Físicos ou Criar Vantagens de maneira Ágil ao utilizar suas poderosas pernas;

Shukul - o Mestre da Espada de Cristal

Nascido em uma das tribos mais belicosas do Deserto Perpétuo, Shukul herdou de seu pai o mais poderoso item de sua tribo, a Espada de Cristal, antes de ser enviado para o Deserto para seu rito de passagem. Ao voltar do mesmo, com a manta da besta deslocadora, ele apenas encontrou as cinzas das cabanas de seu povo. Ele descobriu que pouco antes os Mestres caçaram seu povo como escravos e desde então os mesmos têm sofrido tormentos indescritíveis nas mãos dos Mestres de Umdaar.

Desde então, Shukul tem procurado por uma série de companheiros que estejam dispostos a fazer frente às injustiças dos Mestres e que desejem sua queda. Ele tem encontrado aliados em vários locais, desde entre os monges do povo Usato do Vale Verde até mesmo entre os Domadores de Elementos do Monastério de Alemtempo.

Mas ele sabe que isso ainda não é o bastante: os Mestres são extremamente poderosos e dotados dos Artefatos dos Demiurgos. Então, o seu objetivo é angariar todo o poder possível para enfrentar e derrotar os Mestres de Umdaar.

Informações Iniciais

  • Bioforma: Humano - Humanoid
  • Classe: Guerreiro

Aspectos

Tipo Aspecto
Conceito: Herdeiro da Espada de Cristal
Motivação: Angariar poder para resgatar sua tribo e proteger os que ama
Pessoal: Destinado a vencer os Mestres de Umdaar
  Tu’an Yao é sábio, mas muito inocente
  Grace se preocupa demais comigo

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil: Razoável (+2)
Cuidadoso: Regular (+1)
Esperto: Razoável (+2)
Estiloso: Regular (+1)
Poderoso: Bom (+3)
Sorrateiro: Medíocre (+0)

Façanhas: [Recarga: 3]

  • Espada de Cristal
    • Arma Mágica: Uma vez por cena, pode invocar o nome da Espada de Cristal recebendo um bônus de +2 em Poderoso
    • Lâmina de Luz: Uma vez por cena, pode atacar todos os personagens dentro de uma mesma Zona. Entretanto, ao fazê-lo, ele não pode escolher quem será atingido: todos os personagens dentro da Zona em questão, sejam inimigos ou aliados, serão potencialmente atingidos pelo Ataque. Cada alvo Defende-se individualmente desse ataque
  • Grito de Batalha: Recebe +2 ao Criar Vantagens de maneira Estilosa para colocar o medo nos seus inimigos