Ceridwen MacKennagh (Kerri MacKenna) - O Espírito do Destino

Aspectos

Tipo Aspecto
Conceito Uma garota que enxerga além do mundo presente físico
Dificuldade Supersticiosa ao Extremo
  Sangue da Ilha Esmeralda
  O Clube do Século parece confiar em mim
  Reações Empatas, percebendo a pessoa pelo toque - sempre usa luvas

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Regular (+1)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Bom (+3)
Poderoso Medíocre (+0)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanha Centuriã - Fior

  • Ceridwen é capaz de invocar tradições do passado e “prever” o futuro de si mesma e de outros. Duas Vezes por Sessão, ela pode colocar em um alvo um Aspecto relacionado ao futuro dessa pessoa ou coisa. Ceridwen deve ser capaz de ver a pessoa no momento em que colocar esse Aspecto, e ele dura no mínimo uma Sessão (ou até que o Narrador considere conveniente). Esse Aspecto vem com uma Invocação Gratuita e deve ser descrito de maneira ampla e confusa, como “Na Encruzilhadada, perderá a vida ao decidir o caminho” ou coisas do Gênero. Qualquer pessoa presente no momento em que o Aspecto for colocado pode utilizar esse aspecto.

Façanhas comuns [ Recarga: 3 ]

  • Sexto Sentido: Recebe +2 para Defender aliados contra Ataques sendo Ágil
  • Mesa Branca: Recebe +2 ao tentar Criar Vantagens sendo Estiloso, ao ler sinais e portentos nas estrelas, por cartas de tarô, ou usando algum outro tipo de prática divinatória.

Aparência

Ceridwen tem cabelos castanho-avermelhados e pele com sardas, com olhos morenos brilhantes e um nariz meio grande e adunco demais. Suas roupas são sempre simples.

Comportamento

Ceridwen parece um gato assustado a maior parte do tempo, não sem motivo: ela interage com muitas coisas que a maioria das pessoas não enxerga. Ao mesmo tempo, a maioria das pessoas acham ela, na melhor das hipóteses, uma menininha muito cheia de imaginação, quando não dizem explicitamente que ela é mentirosa. O que de modo algum é verdade.

História

Muitos dizem que os MacKennagh (ou McKenna, como foram renomeados nos EUA) sempre tiveram muito contato com o Belo Povo da Ilha Esmeralda.

Na realidade, isso se deve ao fato de eles terem relamente algum “Sangue de Fada” e terem conhecimento e instinto superiores ao da maioria das pessoas, percebendo coisas que a maioria não percebe.

Quando Eilleen MacKennagh deu à luz sua filha em Nova Iorque, enquanto os brindes e música comemoravam o novo Século, ela observou de imediato que ele era alguém especial ao olhar diretamente nos olhos dela: apesar de morenos, vivos e muito brilhantes. O nariz dela, ao invés do típico narizinho de botão de uma criança, era meio grande demais e adunco, de uma sacerdotisa… Ou uma bruxa.

Com o tempo, Ceridwen (ou Kerri), mostrou isso, ao tocar pessoas e ter reações estranhas, como chorar ao ser pega no colo por pessoas obviamente más das gangues e coisas do gênero.

Com isso, ela procurou ver pessoas que poderiam a ajudar. Ao conversar com Lady Sheridan, do Educandário local, ela percebeu que poderia obter ajuda para Ceridwen com os bons homens do Clube do Século

Ceridwen acabou aprendendo bastante, ainda mais sendo que ela foi quem acabou encontrando certas pessoas mais importantes no Clube, provando seu poder e sua capacidade como Espírito do Destino do Século XX.

Em compensação, ela ainda precisa descobrir mais amigos, já que a maioria das crianças a evita devido à sua aparência estranha e jeito esquisito.

Ceridwen MacKennagh (Kerri MacKenna) - O Espírito do Destino

Aspectos

Tipo Aspecto
Conceito Uma garota que enxerga além do mundo presente físico
Dificuldade Supersticiosa ao Extremo
  Sangue da Ilha Esmeralda
  O Clube do Século parece confiar em mim
  Reações Empatas, percebendo a pessoa pelo toque - sempre usa luvas

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Regular (+1)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Bom (+3)
Poderoso Medíocre (+0)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanha Centuriã - Fior

  • Ceridwen é capaz de invocar tradições do passado e “prever” o futuro de si mesma e de outros. Duas Vezes por Sessão, ela pode colocar em um alvo um Aspecto relacionado ao futuro dessa pessoa ou coisa. Ceridwen deve ser capaz de ver a pessoa no momento em que colocar esse Aspecto, e ele dura no mínimo uma Sessão (ou até que o Narrador considere conveniente). Esse Aspecto vem com uma Invocação Gratuita e deve ser descrito de maneira ampla e confusa, como “Na Encruzilhadada, perderá a vida ao decidir o caminho” ou coisas do Gênero. Qualquer pessoa presente no momento em que o Aspecto for colocado pode utilizar esse aspecto.

Façanhas comuns [ Recarga: 3 ]

  • Sexto Sentido: Recebe +2 para Defender aliados contra Ataques sendo Ágil
  • Mesa Branca: Recebe +2 ao tentar Criar Vantagens sendo Estiloso, ao ler sinais e portentos nas estrelas, por cartas de tarô, ou usando algum outro tipo de prática divinatória.

Aparência

Ceridwen tem cabelos castanho-avermelhados e pele com sardas, com olhos morenos brilhantes e um nariz meio grande e adunco demais. Suas roupas são sempre simples.

Comportamento

Ceridwen parece um gato assustado a maior parte do tempo, não sem motivo: ela interage com muitas coisas que a maioria das pessoas não enxerga. Ao mesmo tempo, a maioria das pessoas acham ela, na melhor das hipóteses, uma menininha muito cheia de imaginação, quando não dizem explicitamente que ela é mentirosa. O que de modo algum é verdade.

História

Muitos dizem que os MacKennagh (ou McKenna, como foram renomeados nos EUA) sempre tiveram muito contato com o Belo Povo da Ilha Esmeralda.

Na realidade, isso se deve ao fato de eles terem relamente algum “Sangue de Fada” e terem conhecimento e instinto superiores ao da maioria das pessoas, percebendo coisas que a maioria não percebe.

Quando Eilleen MacKennagh deu à luz sua filha em Nova Iorque, enquanto os brindes e música comemoravam o novo Século, ela observou de imediato que ele era alguém especial ao olhar diretamente nos olhos dela: apesar de morenos, vivos e muito brilhantes. O nariz dela, ao invés do típico narizinho de botão de uma criança, era meio grande demais e adunco, de uma sacerdotisa… Ou uma bruxa.

Com o tempo, Ceridwen (ou Kerri), mostrou isso, ao tocar pessoas e ter reações estranhas, como chorar ao ser pega no colo por pessoas obviamente más das gangues e coisas do gênero.

Com isso, ela procurou ver pessoas que poderiam a ajudar. Ao conversar com Lady Sheridan, do Educandário local, ela percebeu que poderia obter ajuda para Ceridwen com os bons homens do Clube do Século

Ceridwen acabou aprendendo bastante, ainda mais sendo que ela foi quem acabou encontrando certas pessoas mais importantes no Clube, provando seu poder e sua capacidade como Espírito do Destino do Século XX.

Em compensação, ela ainda precisa descobrir mais amigos, já que a maioria das crianças a evita devido à sua aparência estranha e jeito esquisito.

Nathan “Flecha de Coiote” Naalnish - O Espírito do Futuro

Aspectos

Tipo Aspecto
Conceito Um navajo em meio ao homem branco, que busca dias melhores para seu povo
Dificuldade Ponte entre dois mundos, mas não está conformado em nenhum deles
  “Antigas tradições se perderam. Outras estão aparecendo. Isso não é mau.”
  Caminho de Caçador, Caminho de Guerreiro, Caminho de Sabedoria.
  Ainda precisa a confiar no Clube do Século

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Bom (+3)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Medíocre (+0)
Poderoso Regular (+1)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanha Centuriã - Ponte entre Passado e Futuro

  • Nathan conhece muito sobre as tradições de antigos, e ao mesmo tempo é um estudioso da modernidade e da ciência. Se ele conseguir justificar corretamente como ele pode correlacionar um com o outro, Nathan recebe +3 em seus testes. Isso fica a critério do Narrador, mas em geral não sendo nada extremamente absurdo essa Façanha deve funcionar.

Façanhas comuns [ Recarga: 3 ]

  • Preciso como a Serpente: Recebe +2 para Atacar sendo Ágil ao golpear com as mãos e os pés.
  • A técnica do caçador: Recebe +2 para Criar Vantagens sendo Cuidadoso relativas a combates ou caçadas.

Aparência

Nathan é de um tamanho diferente, de pele morena indígena, olhos cinzentos e cabelos escuros e lisos. Veste-se normalmente com roupas do homem branco, mas não é raro ver ele vestindo-se com peles e penas segundo a tradição Navajo. Sempre que pode, procura ter algo que lembre seu povo, o que invariavelmente quer dizer o seu cinto de couro de búfalo.

Comportamento

Nathan é alguém cético, mas aberto a novidades, e ao mesmo tempo um questionador das antigas tradições que aceita as mesmas quando convencido de que fazem sentido. Nathan é sempre receptivo a ouvir, mas também espera que os outros aceitem seu julgamento segundo as antigas tradições de seu povo, o que nem sempre acontece.

História

O povo Navajo é considerado um povo sábio e antigo. Mesmo antes do homem branco chegar à América, eles eram um povo respeitado, combativo e sábio, que não obstante sabia lidar nos momentos certos com o homem branco.

Isso porque os navajo sempre olharam para o futuro. É verdade que sempre se lembram das tradições, mas eles sabem que a humanidade caminha para frente, não para os lados ou para trás. Como o caçador, ele deve saber onde está a tribo, mas também deve visualizar o caminho que o búfalo faz para alcançar o mesmo.

Nessa sociedade, no dia 1° de Janeiro de 1901, nasceu Flecha-De-Coiote, ou Nathan Naalnish, como o homem branco o conhece.

Irreverente, inquieto e questionador, rapidamente os principais da tribo perceberam que algo de diferente tinha em Flecha-De-Coiote: ele respeitava sim os superiores e as tradições, mas entretanto ele sempre procurava entender porque as tradições funcionavam e sua importância.

Isso porque, depois vieram a descobrir com um homem branco do Clube do Século, ele era o Espírito do Futuro: ele aprendia rápido as tradições, mas ao mesmo tempo e tão rápido quanto ele aprendia o conhecimento do homem branco.

Com o tempo, e a morte prematura de seus pais, os anciões decidiram que a tribo era pouco para Flecha-De-Coiote: ele deveria perseguir o futuro, como a águia que persegue o bisão e o coiote que procura o búfalo. E a alguns meses, Flecha-De-Coiote foi até Nova Iorque, onde ele está estudando entre os brancos.

E ele observa o futuro se delineando, como o Caçador que observa o vale procurando a trilha do búfalo.