Koji Sawada - O Deus das Apostas

Informações Pessoais

  • Nascimento: 22/04/1982 - Touro
  • Nacionalidade: Japão (Okayama)
  • Profissão: Comerciante (salão de jogos e arcade)
  • Tipo Sanguineo: AB

Aspectos

Tipo Aspecto
Descrição Herdeiro de um Antigo Salão de Jogos e Arcade
Ligações Criminosas Faz parte do circuíto ilegal de apostas
  Todos os truques de jogos aprendi com meus pais
  “Nada de trapaças no meu Salão!”
   
Apelidos_ Kochishin (Deus do Vento Leste)
  Deus das Apostas

Abordagens

Façanha Destaque/Defeito
Poderoso Dominada
Ágil Não-Dominada
Inteligente Dominada - Destaque
Cuidadoso Não-Dominada
Estiloso Não-Dominada - Defeito
Sorrateiro Dominada

Playsheet Sobrenatural - O Monstrinho

As lendas dizem sobre muitos tipos de criaturas sobrenaturais más que existem por aí: vampiros que dormem durante o dia e se alimentam de sangue; lobisomens que transformam-se em feras durante a noite; construtos como o Golem e o Frankenstein, criaturas que são mantidas vivas por Forças Que O Homem Jamais Deveria Conhecer…

E elas realmente existem… Mas não são más como imaginamos…

O Monstrinho mágico sempre tem algum tipo de necessidade estranha: pode ser uma coisa realmente grotesca, como sangue, ou mesmo uma coisa meio estúpida, como suco de tomate, mas ele depende daquilo para sobreviver. Ou então, ele pode ter uma maldição, como no caso de um lobisomem, de virar um lobo em noite de lua cheia. Entretanto, essas coisas não o tornam malvado como seria de imaginar: ele, assim como qualquer criança, procura amizade e felicidade, e faz de tudo para se relacionar com outras pessoas, inclusive procurar sufocar essa sua necessidade ou maldição.

Entretanto, nem sempre ele consegue fazer isso, e muitas vezes o pior teste para uma amizade com um Monstrinho é quando esse está incontrolável, desesperado por aquilo que ele tanto precisa (e ele pode odiar) ou quando a maldição pode se tornar tão poderosa que ele não possui controle. Esse é um momento onde mesmo a mais adamantina amizade pode ser posta a prova.

Mas o Monstrinho acredita que seus amigos estarão sempre ao seu lado.

Normalmente um Monstrinho é reconhecido por:

  • Suas Habilidades Inerentes
  • Conhecer coisas que os demais não sabem
  • Confiar nos outros

Por outro lado, uma Criaturinha acaba sendo vítima de:

  • Necessidades ou maldições inerentes de sua natureza
  • Desconfiança de pessoas que o acham anti-natural
  • Estranheza com coisas não-mágicas

Aspectos

Pergunta Aspecto
Que tipo de necessidade ou maldição você possui?  
O que você é capaz de fazer que os outros não podem?  
Como você se relaciona com a Turma?  

Sugestão de Atitudes

Segue abaixo três sugestões diferentes de distribuição das Atitudes para uma Criaturinha

Atitude Sugestão 1 Sugestão 2 Sugestão 3
Ativa Razoável (+2) Razoável (+2) Regular (+1)
Desenvolta Razoável (+2) Bom (+3) Razoável (+2)
Divertida Regular (+1) Regular (+1) Razoável (+2)
Esperta Bom (+3) Razoável (+2) Bom (+3)
Fofa Regular (+1) Regular (+1) Regular (+1)

Façanha Exclusiva

  • Habilidade Antinatural - Sua característica monstruosa permite que você tenha algum tipo de Habilidade que não seria Natural. Uma vez por sessão você pode utilizar ela. Essa Habilidade deve ser aprovada pelo Narrador. Como opção, você pode receber +2 ao Superar um determinado tipo de obstáculo usando uma Atitude escolhida no momento da criação do personagem.

Personagem Exemplo - Jakob von Squeak, o vampirinho

Todos sabem que Fair Leaves foi fundada por Quatro Famílias: O’Wool, Bieberaus, McBaalian e McHog.

Poucos sabem, entretanto, que existe uma quinta Família, uma Família secreta devido à sua natureza: os vampiros von Squeak, família cujo mais recente membro é Jakob.

Apesar do que diz o mito, os vampiros não precisam necessariamente de Sangue. Na verdade, até precisam, mas tão pouco e tão poucas vezes que eles não precisam machucar demais as demais pessoas. Na realidade, muitas vezes eles conseguem se virar com o que conseguem no meio do choriço que compram no Açougue.

Jakob é um vampirinho que, como todos os von Squeak, possui forma de Esquilo. Normalmente, ele pode fazer a maior parte do que os demais fazem, exceto dominar mentes, que ele não gosta. Apesar das lendas, ele não precisa dormir em um caixão (apesar de gostar) e não tem problemas ao andar de dia, exceto pelo fato de ser mais difícil usar seus poderes. Eles também não precisam matar outros para reproduzir-se: um papai vampiro e uma mamãe vampira tem um vampirinho como qualquer outra criatura.

Jakob procura lidar com o fato de ser um vampiro e de que muitos se sentem pouco a vontade com ele. Ele procura a amizade da Turma como às vezes procura sangue (ou até com mais importância) e fará de tudo para manter-se ao lado dos mesmos, mesmo que isso signifique nunca mais beber sangue.

Aspectos

Pergunta Aspecto
Que tipo de necessidade ou maldição você possui? Sangue é vida… Apesar que um suco de tomate de vez em quando quebra o galho
O que você é capaz de fazer que os outros não podem? Viro morcego, voo e sou mais rápido do que aparento
Como você se relaciona com a Turma? Amizade é mais importante que Sangue
  Não gosto de usar dominação mental
  O Sol não me mata, mas dificulta usar meus poderes

Atitudes

Atitude Nível
Ativa Razoável (+2)
Desenvolta Bom (+3)
Divertida Regular (+1)
Esperta Razoável (+2)
Fofa Regular (+1)

Façanha Exclusiva

  • Habilidade Antinatural - Voar - A característica vampírica de Jakob permite que ele possa Voar Uma Vez Por Sessão, não podendo ter Aspectos relacionados a Barreiras de Zonas Forçados contra ele. Para efeito de regras, é como se ele estivesse andando por Zonas sem barreiras. Esse poder dura uma Cena ou até que Jakob decida cancelar o seu poder.

Façanhas

  • Habilidade Antinatural - Virar Morcego - Uma vez por sessão, Jakob pode assumir a forma de um Morcego, recebendo +2 em todos os seus testes para procurar pessoas. Entretanto, ele recebe -2 em todos os seus testes para se comunicar na forma de morcego. Esse poder dura uma Cena ou até que Jakob decida cancelar o seu poder.
Saiba Mais (1010 palavras...)

Playsheet Sobrenatural - O Maguinho

Você pode ser ou não mais novo ou mais velho (aparentando ou não) que os personagens da Turma, e muitos vão te achar muito esquisito, mas na verdade você sabe que existe muito mais coisas em Fair Leaves do que eles imaginam: existem coisas sobrenaturais, e você conhece sobre elas e como lidar com elas.

Em especial, você tem Poderes Mágicos: você nasceu assim, desenvolveu esses poderes por estudo e/ou obteve eles ao conseguir equipamentos especiais, dos quais você não pode se separar se quiser manter seus poderes. Você sabe como invocar as forças da natureza, voar e fazer outras coisas que, de outra forma, seria impossível.

Entretanto, você não tem a experiência de seus pais: você não sabe fazer muitas mágicas úteis, ou então seus poderes são pequenos e/ou descontrolados. Além disso, em muitos casos você tem que manter seus poderes ocultos, seja porque você (e sua família) tem inimigos poderosos, ou porque você sabe que as coisas podem ser bem diferentes se você revelar seus poderes.

Além disso, você não é tão acostumada a lidar com as coisas da Turma e de seu “mundo comum”: você pode voar em uma vassoura, mas coisas como andar de bicicleta lhe parecem estranhas. Afinal de contas, o que é estranho para um é normal para outro e vice-versa.

Ao lidar com a Turma, o Maguinho costuma lidar muito bem com o Curioso, com o Geninho e com o Certinho, em especial se eles prometerem não revelar seus segredos para outras pessoas. O Descolado e o Travesso costumam ser problema, já que costumam atrair confusão que acaba colocando o Maguinho em uma situação entre revelar seus segredos ou prejudicar a Turma.

Normalmente um Maguinho é reconhecido por:

  • Seus Poderes Mágicos
  • Conhecer coisas sobrenaturais
  • Saber de coisas que a Turma normalmente não saberia

Por outro lado, um Maguinho acaba sendo vítima de:

  • Ser colocado contra a parede quanto a revelar seus poderes
  • Problemas relacionados ao uso dos seus poderes
  • Estranheza com coisas não-mágicas

Aspectos

Pergunta Aspecto
Que tipo de poderes você possui?  
Por que seus poderes devem ficar ocultos?  
Como você se relaciona com a Turma?  

Sugestão de Atitudes

Segue abaixo três sugestões diferentes de distribuição das Atitudes para um Maguinho

Atitude Sugestão 1 Sugestão 2 Sugestão 3
Ativa Regular (+1) Razoável (+2) Regular (+1)
Desenvolta Razoável (+2) Bom (+3) Regular (+1)
Divertida Regular (+1) Regular (+1) Bom (+3)
Esperta Bom (+3) Razoável (+2) Razoável (+2)
Fofa Razoável (+2) Regular (+1) Razoável (+2)

Façanha Exclusiva

  • Magia - você possui poderes mágicos inerentes à sua condição. Escolha uma Atitude: você usa essa Atitude sempre que for utilizar sua Magia. Essa Façanha pode ser Adquirida adicionalmente várias vezes: a cada vez, escolha uma nova Atitude ou receba +1 em seus testes de Magia por Façanha, cumulativo. Nenhum personagem inicial pode ter mais que +2 em seus testes de Magia desse modo.

Personagem Exemplo - Lilly Maginini

Lilly é uma das meninas mais esquisitas que recentemente veio estudar na escola do senhor Goatzeit: atrapalhada e meio burrinha (ou assim todos imaginam), ela se veste da maneira mais esquisita para uma cadelinha basset como ela, sem falar que ela fala de uma maneira empolada e estranha para a maioria das pessoas. Além disso, dificilmente ela sai de casa quando não está na escola e vice versa, e todos sabem que a família dela é muito séria, e conversa muito pouco com todos em Fair Leaves.

A verdade é mais complexa que isso:

Lilly Maginini é uma maga, uma das raras pessoas que ainda são capazes de realizar magia no mundo. Sua família sofreu muito no passado com isso, e seus pais procuram fazer com que Lilly aprenda em segredo como controlar seus poderes, ainda que ela ainda não demonstre ter muito controle sobre os mesmos.

Entretanto, Lilly é uma criança como todas as outras e deseja muito ter amigos. Se for necessário, ela usará seus poderes para proteger aqueles de quem ela gosta. Entretanto, ela sempre terá dois problemas: ela tem que usar a magia sempre da maneira mais discreta possível, “ou terá consequências” segundo seus pais dizem, e seus poderes ainda são muito fortes e pouco controlados, além de fazer todo o tipo de barulhos e coisas esquisitas!

Lilly é uma cadela basset que se veste sempre de maneira estranha e meio antiquada, parecendo mais uma menina do século 19 do que alguém do tempo dos personagens, além de por algum motivo gostar de usar meias de cores despareadas, além de andar sempre com Gecko, seu mascote, um camaleão que é seu familiar mágico: na verdade um bicho de estimação com o qual ela é capaz de falar.

Lilly é capaz de usar pequenas ilusões e invocações, além de usar magias de elementos, mas sempre com muita dificuldade. Seu poder não é grande o bastante, e ela ainda faz bastante confusão usando sua magia. Mas ela acredita que, usando sua magia para coisas boas, ela não vai sofrer como seus antepassados.

Aspectos

Pergunta Aspecto
Que tipo de poderes você possui? Ilusões, Controle de Fogo e Água
Por que seus poderes devem ficar ocultos? “Meus antepassados tiveram problemas com a magia”
Como você se relaciona com a Turma? Eu queria poder brincar mais
  Gecko percebe que eu preciso de amigos… Snif
  Acho que sei o bastante para controlar meus poderes (Só que não)

Atitudes

Atitude Nível
Ativa Regular (+1)
Desenvolta Regular (+1)
Divertida Bom (+3)
Esperta Razoável (+2)
Fofa Razoável (+2)

Façanha Exclusiva

  • Magia - você possui poderes mágicos inerentes à sua condição. Escolha uma Atitude: você usa essa Atitude sempre que for utilizar sua Magia. Essa Façanha pode ser Adquirida adicionalmente várias vezes: a cada vez, escolha uma nova Atitude ou receba +1 em seus testes de Magia por Façanha, cumulativo. Nenhum personagem inicial pode ter mais que +2 em seus testes de Magia desse modo. No caso de Lilly, ela usa a Abordagem Divertida
Saiba Mais (1091 palavras...)