T-88 - O Juiz

O Monólito dos Demiurgos, localizado próximo ao Elísio de Alemtempo, certamente era um centro de grande importância para os Demiurgos, ao menos é o que se sabe. Os poucos que conhecem as lendas envolvendo o Monólito sabem que o Monólito aparentemente era um centro de informação e cultura dos Demiurgos, e mesmo os integrantes do Monastério de Alemtempo nunca tentaram entrar no Monólito.

Para evitar que pessoas que não pudessem ter acesso ao mesmo conseguissem entrar, o Monólito era dotado de todas as formas de defesa. Suas quatro entradas principais, localizadas nos quatro pontos cardeais, são a única forma de entrar no mesmo. E poucos que entraram conseguiram sair. Esses poucos contam histórias de terror sobre criaturas armadas com toda sorte de armas poderosas e cuja aparência estraçalharia a sanidade de um homem como um Gorila estraçalharia uma taça de cristal.

A verdade sobre o Monólito é que ele é realmente A Última fonte de conhecimento sobre os Demiurgos. Talvez sua biblioteca, talvez um arsenal, mas o que se sabe certamente é que muitos têm interesse em um dia entrarem no Monólito.

Mas para isso, deverão passar pelos desafios diversos implantados pelo Juiz.

T-88 é o Juiz do Monólito, e é ele quem decide, dentro do mesmo, que tipo de desafios os que lá entram irão passar. Sua diretiva foi programada em sua consciência, alimentada pela experiência de 1000 vidas e mortes: Apenas os mais aptos podem obter o poder.

T-88 tem sido o Juiz a vários séculos, morrendo e renascendo. Em suas mortes, o Monólito se oculta misteriosamente, voltando à aparecer quando o mesmo volta à assumir seu papel, treinado pelos próprios sistemas do Monólito. De certa maneira, o Monólito e o Juiz são um só.

Muitos que invadem o Monólito, desde os tempos imemoriais, são apenas meros saqueadores e ladrões sem escrupulos. A esses, T-88 costuma ser brutal e até mesmo cruel, mandando hordas de criaturas criadas pelos próprios sistemas dos Demiurgos para matar a esses tolos. Outros, entretanto, são mais espertos, e percebem quando não podem mais invadir o Monólito, ou quando sua missão torna-se quase suicida. A esses, o Juiz é mais benfeitor, permitindo aos mesmos que levem algum tomo ou artefato que os mesmos demonstrem interesse. Nas raras vezes em que o grupo em questaão aceita ir embora uma vez que tenham obtido o que desejavam ou precisavam, como um equipamento ou conhecimento, o Juiz se apresenta por voz, dizendo aos mesmos que eles são dignos de obterem tal conhecimento e que, caso desejem retornar ao Monólito, serão bem-vindos a tentar novamente.

T-88 é um Numano, uma raça de serviçais dos Demiurgos que, com sua partida, tornou-se selvagem e sábia entre os povos de Umdaar. T-88, entretanto, nada conhece sobre os demais Numanos: ele é criado geneticamente pelo próprio Monólito, e basicamente é uno com o mesmo. Apenas ele tem controle total sobre o Monólito (podendo dizer-se que é o Senhor do mesmo) e total conhecimento sobre o tipo de coisas que os Demiurgos deixaram para trás nos Monólitos. E além disso, ele sabe sobre os “Mestres” de Umdaar: mais de um deles já tentou tomar-lhe o Monólito, e mais de um deles não voltou, ou voltou louco e sem seus poderes.

Informações Iniciais

Bioforma: Android Numano - Beastman/Cyborg
Classe: Diplomata - Courtier

Aspectos

Tipo Aspecto
Conceito: Guardião e “Senhor” do Monólito dos Demiurgos
Motivação: Devo respeitar a diretriz de meus senhores de guardar o Monólito
Pessoal: Apenas quando cumprir minha tarefa terei paz e liberdade
  Não devo interferir nos planos fora do Monólito
  As regras sobre o Monólito são claras: quem for mais apto obtem poder

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil: Medíocre (+0)
Cuidadoso: Bom (+3)
Esperto: Razoável (+2)
Estiloso: Razoável (+2)
Poderoso: Regular (+1)
Sorrateiro: Regular (+1)

Façanhas

  • Pele de Metal: +2 ao Defender-se de Ataques Físicos durante um Conflito, desde que seja capaz de gastar um turno apenas defendendo a si próprio previamente
  • Rifle de Plasma: +2 ao tentar Criar Vantagens sendo Cuidadoso ao impedir o mesmo de avançar
  • Interface: enquanto conectado ao sistemas do Monólito, +2 em todos os testes de Superar para evitar ser surpreendido ou de qualquer outra forma atacado

O Monólito do Passado

Os Demiurgos.

Seu passado é um mistério. O que se sabe é que eles dominaram Umdaar, domaram a natureza e tornaram-se senhores de conhecimentos diversos.

E tão misteriosamente quando chegaram, partiram.

E no vácuo deixado pelos Demiurgos, surgiram os cruéis Mestres de Umdaar! Saqueadores, cruéis e bestiais, procuram aumentar seu poder cada vez mais, e com isso, aumentar seu cruel domínio sobre as terras de Umdaar.

Mas a resistência se estabeleceu: as Terras de Luz, uma união de povos livres que decidiram se levantar. Matriarcas e Patriarcas que agregam e unem pessoas de diversos povos, os Guardiões das Runas e os Arqueonautas, pesquisadores e pessoas que procuram resgatar as relíquias dos Demiurgos, tirando-as do alcance dos Mestres, recuperando Artefatos de poder e relíquias do conhecimento perdido.

Você é um Arqueonauta: você utiliza suas habilidades e conhecimentos e capacidade de sobrevivência para entrar nas Zonas Selvagens e procurar os templos e centros de conhecimentos perdidos dos Demiurgos.

Você pode ser um dos Monges de algum dos Elísios, os raros locais que, por tradição ou por poder, os Mestres não ousam invadir. Ou pode ser um dos povos dotados de poderes paranormais e formas estranhas às pessoas comuns, como os Usato, os homem coelhos do Vale Verde, sábios e guerreiros dotados de pernas poderosas e mentes ainda mais poderosas. Ou mesmo você pode ser um dos herdeiros de itens de poder da Era dos Demiurgos: armas ou equipamentos que só você sabe ou pode usar, heranças dos milênios passados, quando Umdaar era um planeta mais feliz.

Seja o que for, seu Destino é procurar essas formas de poder para, quem sabe um dia, derrotar os…

MESTRES DE UMDAAR!!!

Saiba Mais (9703 palavras...)

Um Garoto Problemático

Cena 1 - Briefing

Os personagens são contactados por Joffrey, uma calopsita que é conhecida por ser uma das mensageiras favoritas do Velho Nick (ou de qualquer um dos personagens que seja controlador da Fazenda de onde os personagens vieram). Ele repassa para os demais a missão:

Existe na cidade um garoto chamado Rodrigo, que já está na marca do cal faz tempo, nunca tendo saído desde a mais tenra infância da Lista dos Malvados. Vocês sabem que os Maiorais dos Malvados possuem direito sobre qualquer criança que fique por muito tempo na Lista dos Malvados. Então, o Velho Nick acha que eles vão mandar o Krampus atrás desse garoto se ele não se corrigir até a véspera do Natal.

O que Joffrey disse é verdade: esse garoto Rodrigo é bem conhecido por todos os animais da cidade como um valentão folgado. Em especial, todos os animais da cidade (até onde se sabe) temem seu pitbull, Lancaster, que ele atiça contra qualquer bicho da cidade: os próprios personagens já tiveram que cuidar dos ferimentos de muitos que Lancaster atacou e (glup!) ajudar alguns a irem ao veterinário após ferimentos muito sérios.

Algumas questões que os personagens possam fazer:

Sabemos porque esse tal Rodrigo é tão Malvado?

Os pais dele o mimaram demais, dando a entender que ele pode fazer o que quiser se ele for forte o bastante. Manja aquele lance “Força é Direito”?

Os personagens sabem que Rodrigo vive em um parte muito rica da cidade, mas não sabiam desse detalhes. Se os personagens questionarem como o Velho Nick sabe disso, Joffrey dá de ombro (de asas?) e diz que “o Velho Nick tem seus modos”. Isso quer dizer que outros Strays da cidade estão vigiando o Rodrigo (e outras crianças Más, provavelmente) para o Velho Nick.

E por que Os Maiorais dos Malvados querem esse garoto?

Sabem o que os Maiorais dos Malvados fazem com esses garotos que eles pegam de vez em quando, não? Eles viram serviçais como o Krampus para os mesmos.

Uma das coisas que todo Stray sabe é que essa Guerra Fria entre os Bons e os Maus existe e que cada lado trás para junto de si todas as forças que pode: os Bons com Strays e outras criaturas bondosas, enquanto os Maus com criaturas como o Krampus e o Velho do Saco.

Alguma sugestão de como tirar o Rodrigo da Lista dos Malvados?

Sincreamente não sei, mas acho que um bom começo é fazer com que ele pare de ser um valentão com os que são menores que ele. Talvez um bom caminho seja por meio de Lancaster, mas vocês terão que tomar cuidado. Outra coisa é tentar convencer ele a ajudar alguns garotos mais novos, percebendo que é errado ser um valentão.

É uma missão típica de um Stray tentar convencer os humanos a deixarem de ser maus, por meio de seu carinho e tudo o mais. Então parece bastante razoável tentar de tudo para tirar Rodrigo da Lista dos Malvados.

Alguma chance do Krampus aparecer enquanto estivermos realizando a tarefa?

Não sei, mas fica a dica: se ele aparecer, CORRAM! Não tentem interferir. O Krampus é muito forte e mais de um Stray que achou que podia com ele acabou desaparecendo. Isso é uma coisa que o Velho Nick pediu para deixar bem claro: aconteça o que acontecer, NÃO MEXAM COM O KRAMPUS!. Ele é muito mais forte que vocês, é extremamente cruel e nunca joga fora das Regras. Então, se vocês interferirem, ele poderá, e com razão, fazer qualquer coisa contra vocês.

Fica claro que a missão dos personagens deve ser tirar o garoto da Lista dos Malvados antes do Krampus aparecer. Caso isso aconteça, devem dar a missão por perdida.

Teremos algum tipo de ajuda?_

Acho que tem um camundongo perdido por aí que pode os ajudar: o nome dele é Govinda e vive na região da escola onde o Rodrigo vive.

Govinda é um camundongo selvagem, e não é um Stray, ainda que seja Bom de coração. Ele vive perto de lá e já tentou convencer Rodrigo de que não é legal ser Mal. Mas como ele (assim como nenhum Stray) fala a língua dos humanos, fica muito difícil.

E quem esse Rodrigo tá judiando? Talvez a gente consiga ajudar ele primeiro e, por tabela, o Rodrigo

Existem dois humanos em especial que podem ser ajudados: uma menina chamada Helena, que ele pega no pé por ser menina, e um garoto chamado Raistlin que acabou de se mudar. Esse último é um garoto nerd que sofre um bullying pesado e se sente solitário.

Algum dos Strays pode pensar que uma forma de ajudar seria reforçar o espírito de Raistlin, colocando Govinda na jogada. Mas não é tão simples assim: Rodrigo costuma mandar Lancaster atacar aqueles de quem ele não gosta.

Provavelmente os personagens terão mais perguntas a fazer. Nesse caso, responda como achar que deve. Mas não deixe os personagens perguntando por muito tempo: Joffrey deve enfatizar que de certa forma o tempo para Rodrigo está se esgotando.

Provavelmente os personagens tentarão encontrar algum dos personagens. Cada um deles tem sua própria cena

Cena 2 - Govinda

Os personagens podem ir até perto da escola se desejarem localizar Govinda. Em especial, é mais fácil o achar durante a noite, ainda mais se tiverem um pouco de comida que possam o oferecer (ele é um camundongo de rua, então tem que se virar para achar comida). Govinda é um camundongo da rua, mas possui um pouco de camundongo de estimação: sua pelugem não é totalmente cinza, como a de um camundongo de rua, mas ele tem pelugem malhada de marrom e branco, o que indica que tem sangue de camundongo do campo e de estimação (ou de laboratório) em suas veias.

Govinda é simpático com os demais, mesmo com Strays que sejam predadores naturais de ratos, como gatos ou corujas: ele sabe sobre os Strays e é Do Bem, podemos dizer assim. Entretanto, ele está cada vez mais cético sobre conseguir um lar e já pensa em abandonar a cidade novamente, como já fez várias vezes no passado.

Os personagens podem desejar fazer perguntas a Govinda:

Você já viu o tal Rodrigo?

Sim… Já tentei me aproximar de outros garotos… Sabe, estou tentando a muito tempo conseguir um lar, porque não quero viver sozinho. Mas esse Rodrigo sempre fica fazendo bullying com os outros.

Rodrigo é bastante distinguível, e se eles convecerem Govinda a os ajudar, ele poderá oferecer uma Descrição de Rodrigo, mas a um Preço, que é os Strays o ajudarem a conseguir um lar. O que não deveria ser difícil, já que Govinda é um camundongo bem limpinho para um camundongo de rua.

E o tal do Lancaster?

Ele é uma peste! Ataca qualquer um que apareça por perto, e já tivemos, eu e outros que vivem aqui por perto, de convencer algum humano a levar os que ele atacam ao veterinário! Eu mesmo não escapei do “batismo” do Lancaster.

Os personagens poderão ver que parte da orelha esquerda de Govinda foi arrancada a mordidas, e qualquer um poderá perceber que isso se deve a Lancaster.

O Rodrigo tem ajuda?

Ele faz parte de uma pequena turma de valentões que fica depois da escola farreando próximo à quadra. Alguns deles até mesmo bebem e fumam à escondida. Esse não deveria ser o comportamento de garotos de escola.

Essa é uma informação nova, que provavelmente nem mesmo Joffrey tinha, o fato de Rodrigo andar em turma. Porém, isso apenas piora as coisas, uma vez que são Vários Garotos Maus em uma turma, e isso apenas indica que ele não está afim de melhorar.

Sabe de alguma coisa que o Rodrigo faça que não seja maldade?

Sinceramente, considero aquele garoto um caso perdido. Eu sei que você devem estar querendo o proteger, e é a missão de vocês enquanto Strays. Mas sinceramente, acho que vocês estão perdendo seu tempo.

Govinda já está um tanto cético e desiludido com a vida, e essa forma de ver Rodrigo indica um pouco isso. Entretanto, nenhum dos personagens percebe que na realidade Rodrigo tem problemas para se expressar.

De qualquer modo, os personagens poderão ajudar se perceberem quem é Rodrigo de verdade.

Cena 3 - Rodrigo e a Gangue

Os personagens aparecerão no dia seguinte diante da Escola e verão Rodrigo com Lancaster, atrapalhando e zoando alguns garotos. Rodrigo irá mexer com um garoto de óculos que está junto com uma menina, que ele irá empurrar no chão. Estes são Raistlin e Helena. Se os personagens ajudarem, poderão arrumar confusão com Lancaster, e com certeza isso será um conflito entre Lancaster e os personagens. Os personagens logo poderão notar a dificuldade de Lancaster, mas não terão tempo de seguir adiante com um conflito: alguns dos garotos que acompanham Rodrigo irão partir para cima dos personagens. Por um lado isso será ruim para os personagens, pois eles deverão fugir, mas isso irá tirar Rodrigo de cima dos dois garotos. Mestre, se algum deles quiser descrever comop Raistlin e Helena os ajudam, permita como um teste de Criar Vantagem de Maneira Sorrateira, resistido pelo Cuidadoso dos dois. Entretanto, em caso de sucesso, ofereça a eles um Ponto de Destino e permita que eles descrevam como Raistlin e Helena os ajudam: obviamente os dois irão sofrer algum tipo de soco ou empurrão mais forte, mas os mesmos perceberão que Podem lidar com os valentões, sendo Fortes se unidos pela Amizade (coloque como parte dos Aspectos de Raistlin e Helena)

Os personagens poderão de repente acompanhar os dois garotos ao final do dia, mas deixe claro que Strays não podem mais ser bichos de estimação: o tempo deles como tal já acabou, e voltar a tal depende de uma autorização do Velho Nick, que só ocorreria em caso de uma missão muito bem sucedida.

Na mesma noite, qualquer Stray que passe em um teste Cuidadoso Ótimo (+4) sentirá calafrios estranhos. Um Sucesso com Estilo irá permitir que eles ouçam um grito de desespero. Se eles correrem até onde o grito surgiu, eles verão apenas os sapatos de um garoto, que eles reconhecerão com um teste Cuidadoso ou Esperto Regular (+1) como sendo os sapatos de um dos garotos da gangue. Eles verão também uma sombra ao longe, e ouvirão uma risada sinistra…

O Krampus chegou à cidade! O Tempo está se esgotando!

Cena 4 - Lancaster

Os personagens podem tentar conversar com Lancaster, mas antes deverão o convencer a se abrir, o que não é nada fácil: ele gosta de bancar o durão. Apenas uma intimidação bem séria ou uma vitória dos personagens em um conflito físico, ou descobrir sua Dificuldade, irá convencer Lancaster a conversar com os personagens.

O que você vê no Rodrigo?

Ele me encontrou por aí, quando meu antigo dono me treinava para brigas de cães, e me tirou de lá. Eu não imaginava que iria sobreviver àquele pesadelo: se olharem meu pelo, vão perceber as falhas que ainda tenho do “treinamento”

É verdade: não é necessário sequer testes para perceber as falhas no pelo de Lancaster, além de cicatrizes de outras lesões.

Então na realidade ele não é mau?

Olha só: eu já ouvi o que os outros animais acham do Rodrigo, mas ele não é mau. Os outros meninos também abusam dele, sabia? Eles ficam dizendo que ele é tão Forte quanto um Touro e tão esperto quanto. Dizer que alguém é burro não é uma forma de bullying também?

Apesar de tudo, é inegável que Lancaster tem alguma razão, pelo menos: dizer que uma pessoa é burra não deixa de ser uma forma de ofensa. O problema, e os personagens deverão ter muito tato para explicar isso a Lancaster, é que apesar de tudo, ossos não são quebrados nesse momento. Se os personagens tiverem uma boa diplomacia, entretanto, eles poderão convencer Lancaster de que Rodrigo tem que demonstrar amizade de outras formas que não pelos punhos.

Já ouviu falar no Krampus?

Lancaster dá de ombros ao ouvir essa pergunta: nem ele nem Rodrigo ouviram falar no Krampus. Se os personagens decidirem explicar o objetivo final do Krampus na cidade, Lancaster ficará realmente assustado: chutar bundas de alguns bichinhos para ajudar na auto-confiança de Rodrigo é uma coisa, agora enfrentar uma criatura sobrenatural como o Krampus, muito mais forte e inteligente que os dois juntos é outros quinhentos! Ele então com certeza será convencido a agir ao lado dos personagens, embora mesmo Lancaster não possa fazer nada para impedir nesse momento.

Nesse momento, os personagens ouvirão novamente um grito, e outro par de sapatos será encontrado.

O Krampus está acelerando seu passo! Se demorarem demais, os personagens colocarão tudo a perder!

Cena 5 - Raistlin e Helena

Os personagens encontrarão Raistlin e Helena em uma barraca no quintal da casa de um deles: Lancaster, ou um outro animal qualquer irá os guiar até lá. Eles estarão operando um computador (Raistlin) e lendo um livro de lendas (Helena). Se algum dos personagens conhecer alguma coisa sobre entender os idiomas dos seres humanos (muito raro, pois exige Façanha), perceberão que eles estão conversando sobre como Rodrigo é mal. Nesse momento, Helena estará com a página aberta em uma imagem que todos o que verem reconhecerão como o Krampus. Qualquer forma de se comunicar com Raistlin e Helena será com dificuldade Fantástica (+6): lembre-se que eles são animais e portanto não sabem falar a língua dos humanos, mas poderão arriscar-se com gestos e tal. Entretanto, eles não irão saber que o alvo do Krampus na realidade não são eles, mas sim Rodrigo e (agora eles sabem) a Gangue de Malvados. Em caso de um Sucesso com Estilo, os personagens conseguirão convencer os dois de que o alvo é Rodrigo, mas aí será outra batalha desse tipo para convencer Raistlin e Helena que eles podem (e devem, já que agora sabem disso, e portanto não podem se esquivar) ajudar Rodrigo. Essa última coisa pode ser facilitada se os personagens estiverem com Lancaster.

Em caso de muitas tensões nos testes, os personagens podem continuar fazendo testes e, com tensões o bastante (a Critério do Narrador), poderão descobrir a Dificuldade do Krampus: ele não ataca ninguém que lhe ofereça frutas, e qualquer um que o fizer poderá obter informações e, com um pouco de sorte, favores. Isso poderá ser útil mais àdiante

Cena 6 - Samuel, Rodrigo e O Krampus

Acontecerá então que os personagens irão se encontrar a noite com toda a ajuda que conseguiram. Não permita muitos dias para os personagens gastar, eles devem resolver tudo em poucos dias: o Krampus tem muita pressa para cumprir sua missão de levar os Garotos Maus da cidade para só Deus sabe onde.

Mas a coisa ainda piora: alguns animais que já conversaram previamente com os personagens (provavelmente incluindo Lancaster) irão procurar os personagens para avisar que os Valentões querem descontar a raiva deles por não saber o que houve com seus amigos em outros garotos: para ser mais exato, em Raistlin e Helena! Os personagens devem fazer alguma coisa: atacar os dois vai definitivamente cravar o nome de Rodrigo na Lista dos Malvados e, portanto, nos que o Krampus irá levar embora!

À noite, enquanto Raistlin e Helena estão em seu “acampamento”, os Valentões irão invadir. Rodrigo não acha certo isso: bater em garotos na rua é uma coisa, mas invadir uma casa é outra completamente diferente! Mas irá junto pois teme a reação dos demais garotos, em especial de Samuel, um garoto realmente mau.

Enquanto os valentões ficam aterrorizando Raistlin e Helena, os personagens podem esperar para ver o que acontece ou tentar, de alguma forma, impedir os valentões, que irão atacar os personagens. Deixe que eles ajam por um ou dois turnos (em qualquer das situações). Depois disso, o Krampus aparecerá.

Os personagens tem a opção de recuar: o Velho Nick disse para não se arriscarem contra o Krampus. Entretanto, se o fizerem, todos os que estão ali, inclusive Raistlin e Helena poderão acabar sendo capturados pelo Krampus: apesar da missão dele determinar levar os Malvados, uns extras não estão fora de cogitação para o Krampus!

Se agirem contra o Krampus, eles terão duas opções prováveis: a primeira será o conflito aberto. Nesse caso apenas Lancaster irá ajudar os personagens, ao menos de início: caso perceba que os personagens poderão ser Derrotados, traga a cavalaria com Joffrey e outros Strays para ajudarem os personagens.

Entretanto, caso os mesmos conheçam a fraqueza do Krampus, os personagens podem tentar fazer com que Raistlin ou Helena ofereçam a ele frutas: Raistlin tem várias em uma sacola na barraca dele. Caso o façam, o Krampus ficará mais à vontade, e explicará que o objetivo dele era levar o tal do Rodrigo, mas que graças à oferta de frutas deixará ele viver, para aprender com o susto. O Krampus consegue entender e se fazer entender tanto pelos humanos quanto pelos Strays, embora não demonstre entender os Strays.

Entretanto Samuel irá tentar algum tipo de agressão ao Krampus: ele não é do tipo muito esperto mesmo. Se isso acontecer, o Krampus irá o colocar no Saco do Desespero e dificilmente o libertará. Trate como uma Disputa entre o Poderoso do Krampus e Abordagens adequadas dos personagens, já que o Krampus entende o que os Strays falam: se o Krampus vencer, ele levará embora Samuel. Caso contrário, ele será salvo!

Epílogo e Experiência

Tudo correndo bem, eles conseguirão salvar todos do Krampus… Nesse caso, pode ser que Samuel ainda tente fazer algumas maldades, mas aí tanto Rodrigo quanto Lancaster estarão do lado de Raistlin e Helena, com os quais passará a conversar. Os Valentões, ou ao menos alguns deles, tentarão mudar de vida. Se eles conseguirão ou não, isso é para outra aventura.

No caso, considere o seguinte para efeito de Evolução, além de outros critérios que você deseje:

  • Considere um Marco Menor caso pelo menos um dos eventos abaixo ocorra:
    • Impedir Rodrigo de ser pego pelo Krampus
    • Conseguir uma casa para Govinda
    • Proteger Raistlin e Helena dos Valentões
    • Enfrentar o Krampus
  • Considere um Marco Significativo caso pelo menos um dos eventos abaixo ocorra:
    • Impedir o Krampus de levar os Valentões
    • Descobrir a fraqueza do Krampus e a usar contra o mesmo (seja eles próprios ou por meio de Raistlin e Helena)
    • Impedir o Krampus de levar Samuel no final da aventura

Apêndice 1 - NPCs

Rodrigo Tanner, o Valentão do Bairro

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito O Mais Forte e Correto garoto do Bairro… Ou ao menos é o que ele pensa
Dificuldade Amigos são para frutinhas
  Lancaster é tudo que preciso

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Razoável (+2)
Cuidadoso Regular (+1)
Esperto Medíocre (+0)
Estiloso Regular (+1)
Poderoso Bom (+3)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • O Velho e Bom Um-Dois: Como sou um Garoto Bom de Briga, recebo +2 ao Atacar de Maneira Poderosa com meus punhos

Embaraço

  • Forte como um Touro e tão esperto quanto um: Sempre que precisar realizar feito de força (como socar pessoas e quebrar objetos com as mãos), recebo +1, mas recebo -1 em todos os testes envolvendo feitos de inteligência, pois não sou lá muito esperto

Lancaster

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito O Mais bravo pitbull do bairro
Dificuldade Pose excessiva - na verdade é um medroso incorrigível
  Ninguém encosta um dedo no Rodrigo
  Passado triste - sendo treinado como um cão de rinha

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Bom (+3)
Cuidadoso Medíocre (+0)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Regular (+1)
Poderoso Razoável (+2)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • Mordida trituradora: Recebo +2 ao Superar de Maneira Poderosa obstáculos que possam ser removidos à base de dentadas

Embaraço

  • Só compro brigas que posso vencer: Recebo +1 sempre que souber previamente que sou capaz de me dar bem em uma situação, mas se estou em uma situação que estou em desvantagem, recebo -1 nos testes.

Raistlin Matias

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Tímido e mirrado nerd
Dificuldade O Garoto novo do bairro
  Pequeno Einstein à procura de amigos

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Regular (+1)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Bom (+3)
Estiloso Regular (+1)
Poderoso Medíocre (+0)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • Biblioteca de Conhecimento: Como sou um Pequeno Einstein, recebo +2 ao Criar Vantagens de Maneira Esperta envolvendo meus conhecimentos.

Embaraço

  • Apenas mais um Nerd: Sempre que puder utilizar meus conhecimentos a meu favor, recebo +1, mas toda vez que interagir socialmente com outros garotos, recebo -1

Helena Souza

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito A garota mais bonita da região
Dificuldade De saco cheio de ser obrigada a bancar a fofa
  “Todos os garotos são um bando de imbecis?”

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Regular (+1)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Razoável (+2)
Poderoso Medíocre (+0)
Sorrateiro Bom (+3)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • Fazer beicinho: Como sou uma Garota Bonita, recebo +2 ao Criar Vantagens de Maneira Sorrateira para convencer os outros a fazerem as coisas para mim.

Embaraço

  • Não sou uma garotinha: Sempre que preciso expor meu lado menininha, recebo +1 em todos os testes, mas entretanto recebo -1 ao lidar com outras garotas

Govinda

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Um camundongo a procura de um lar
Dificuldade Cada vez mais sem esperança
  De cidade em cidade vem vivendo

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Bom (+3)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Medíocre (+0)
Poderoso Regular (+1)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • Roedor: Como sou um Camundongo, recebo +2 ao Superar de Maneira Poderosa qualquer obstáculo que possa ser roído

Embaraço

  • Morou em vários lugares, viveu em nenhum: Recebo +1 ao reconhecer características de um local onde não estive previamente, mas por outro lado recebo -1 ao tentar me associar a pessoas ou animais locais

Joffrey

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Calopsita Mensageira do Velho Nick
Dificuldade Se sente desconfortável demais no chão
  Noblesse Oblige - possui um ar imponente

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Razoável (+2)
Cuidadoso Bom (+3)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Regular (+1)
Poderoso Medíocre (+0)
Sorrateiro Razoável (+2)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • Garras afiadas: Como sou uma Calopsita, recebo +2 ao Atacar de Maneira Ágil obstáculos, desde que tenha espaço o bastante para me deslocar pelo ar

Embaraço

  • Mensageiro: Recebo +1 para resistir ao cansaço enquanto levo mensagens para o Velho Nick, mas por outro lado recebo -1 em todos os testes quando permaneço muito tempo fora da Fazenda, pois sinto-me desconfortável.

Os Garotos da Gangue

  • Aspectos: Valentões; Compram apenas as brigas que sabem que vão vencer; Gostam de bancar o valente; “Eu quero a minha mãe!”
  • Peritos (+2) em: Brigar; Agir em Conjunto; Serem mandões
  • Ruins (-2) em: Serem espertos; Lutarem em Desvantagem
  • Estresse: [][][] (6 Garotos)

Samuel, o Verdadeiro Valentão Convicto

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Um Valentão Convicto
Dificuldade Coração Escuro como o Carvão
  Apenas idiotas possuem amigos… E eu não sou um deles

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Razoável (+2)
Cuidadoso Regular (+1)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Razoável (+2)
Poderoso Bom (+3)
Sorrateiro Medíocre (+0)

Façanhas [ Recarga: 3 ]

  • O Velho e Bom Um-Dois: Como sou um Garoto Bom de Briga, recebo +2 ao Atacar de Maneira Poderosa com meus punhos

Embaraço

  • Liderança pelo medo: Recebo +1 sempre que preciso intimidar alguém, mas a partir do momento em que demonstro insegurança, recebo -1 sempre que tento convencer os outros a fazer o que quero;

O Krampus

Tipo Aspectos
Conceito O Reverso do Velho Nick
Dificuldade Um Apreço Inigualável por Frutas
  Saco do Desespero
  Mal, mas age segundo as Regras

Abordagens

Abordagem Nível
Ágil Bom (+3)
Cuidadoso Razoável (+2)
Esperto Regular (+1)
Estiloso Razoável (+2)
Poderoso Bom (+3)
Sorrateiro Ótimo (+4)

Embaraço

  • Não ataca Bonzinhos: Recebo +1 sempre que preciso capturar qualquer criança Malvada, mas Recebo -1 sempre que tentar qualquer coisa contra alguém Bondoso, como um Stray

Talismã: O Saco do Desespero [ Recarga: 1 ]

O Saco do Desespero é um saco aparentemente feito de estopa rota, fedida e suja, mas na verdade ele é ainda pior, pois é O Saco que causa terror em toda criança que o olha, já que é dito que o Krampus usa esse saco para levar qualquer criança que tenha sido má ao Inferno, ou para a afogar, ou guarda a criança dentro dele até que decida devorá-la (qual, ou quais, dessas versões é verdadeira fica a critério do Narrador).

  • O Saco do Desespero pode comportar quantas crianças for necessário e não possui peso, portanto nenhum Aspecto pode ser Forçado contra o Krampus por causa de peso do saco
    • A mera visão do Saco do Desespero causa terror ao que o vêem, portanto o Krampus recebe +2 em todos seus testes envolvendo intimidação ao mostrar o Saco do Desespero

Nota: Criado segundo as regras de Nest

Saiba Mais (4522 palavras...)