Lassie, a filhote de monstro marinho

Lassie sempre viveu em um lago, uma pequenina filhote de criaturas abissais que sobrevivem desde antes da pré-história. Pequena e esguia, ela se divertia subindo para mais perto do espelho d’água, onde via os humanos e pregava pequenas peças.

Isso foi até o dia em que alguns caçadores inescrupulosos de criptídios a pegaram. Ela estava brincando, quando percebeu a rede de pesca a prendendo. Ela ficou apavorada, e tentou gritar pela mãe, que não podia ouvir: ela havia sido morta alguns instantes antes.

Lassie estava assustada, achando que seria morta como a mãe (existe um mercado negro para órgãos de criptídios), quando a equipe da Weird World News UK encontrou-a e ela foi salva.

Sem ter para onde ir, Lassie passou a ir com os mesmos.

Lassie é pequena para um monstro marinho (apenas 60 centímetros de comprimento) e não é muito grossa (10 centímetros de diâmetro). Embora possa se arrastar em terreno seco, ela prefere ficar em água sempre que pode, ou mesmo passar por cima de poças d’água onde ela pode hidratar sua pele. Lassie pode comer de tudo, mas particularmente gosta de doces e biscoitos. Lassie é assustadiça, mas muito útil quando calma. Ela não fala “humano”, mas compreende perfeitamente o que lhe perguntam, respondendo por mímica e ocasional “escrita”, onde ela “desenha” com o corpo letras.

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Filhotinha de monstro marinho carinhosa
Dificuldade Uma gatinha… ou melhor… monstrinha assustada
Motivação Me sinto segura com essas pessoas

Atitudes

Correr! Enganar! Enredar! Investigar!
Bom (+3) Regular (+1) Razoável (+2) Regular (+1)

Façanhas (Recarga: 3)

  • Mascote Animaluma vez por cena, você pode declarar um detalhe de cena sobre algum transeunte bajulando você sem gastar Pontos de Destino
  • Abraço gostoso! – se você for bem-sucedido em um teste de Enredar! para Criar Vantagens ao tentar prender ou amarrar um monstro, você pode, com um Ponto de Destino, declarar que o Monstro está se sentindo confortável com o fato, aumentando a dificuldade para escapar do abraço em +2

Condições

Valor Condição
1 Amedrontada
1 Se escondendo em algum lugar
2 Assustada
2 Deslizando para fugir!

Jenna Sheridan, a Chefe da Equipe

Jenna é a “chefe” da equipe da Weird World News UK, já que ela é a “face” da equipe, quem aparece quando as matérias vão ao ar.

Jenna fez a faculdade de jornalismo e nunca foi muito aplicada, mas ela realmente se interessa em pesquisar criptídios.

Ou melhor, passou a se interessar quando eles viram um fantasma legítimo ocupando um castelo abandonado!

Jenna conseguiu negociar uma solução para que o castelo pudesse ser usado e o fantasma não ser incomodado, e chegou até a convencer ele a trabalhar com os donos para ser um “Castelo Genuinamente Assombrado” nos Halloween.

Mas ela ficou também possessa com pessoas que usam criptídios como uma forma de manipular as coisas. Isso a torna muito cética quanto a ser ou não criptídios envolvidos.

Ela não é muito boa como investigadora, mas tem seus pontos fortes, e é quem coordena as coisas, inclusive sendo a pessoa que resolve conflitos e concilia as coisas. No fundo, todos confiam na pequena garota que parece ter saído (e saiu) de um condomínio popular para o “estrelato” na Weird World News UK

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Jornalista Investigativa Inveterada
Dificuldade Cética até o último momento
Motivação Contar as histórias envolvidas na notícia

Atitudes

Correr! Enganar! Enredar! Investigar!
Razoável (+2) Bom (+3) Regular (+1) Regular (+1)

Façanhas (Recarga: 3)

  • Conheço um Cara que sabe isso – +2 ao Criar Vantagens em Investigar!, desde que tenha como se comunicar com outras pessoas, ou de outra forma passar informações adiantes para outras pessoas
  • Revelador Supremo – Quando revelada a identidade do monstro você pode gastar 1 ponto de Destino para adicionar dois detalhes narrativos sobre a motivação e história do mesmo.

Condições

Valor Condição
1 Assustada
1 Deixa eu ver minhas notas!
2 Coração na mão!
2 Corta! Corta!!!

Harold Griffiths, Advogado de Criptídios

Existem pessoas cujo o destino vira de cabeça para baixo depois de um evento específico, mesmo quando não afetado diretamente por isso.

Harold Griffiths sempre foi de uma família de classe média alta, com tudo do bom e do melhor. Aluno exemplar, desenvolveu desde a mais tenra juventude um gosto (mais uma forma de diletantismo) pela fotografia. Como filho de um dos donos da companhia de advogados Griffiths and Major, entretanto, desde o início seu destino estava traçado, estudando em Eton e Exeter para tornar-se um advogado.

Foi quando, durante uma viagem com seu clube de fotografia para a Itália, ele viu uma criatura da floresta, um estranho ser parecido com uma fadinha, tirando uma série de fotos.

Ele descobriu que essa fadinha era uma mascote de uma das garotas do grupo, uma irlandesa que estava com bolsa de estudos. Ele prometeu não revelar nada…

… e isso mexeu com sua cabeça.

Suas notas deram uma desestabilizada que, ainda que não o impedisse de se formar, fizeram com que seu pai ficasse questionando se deixar o escritório para Harold era uma boa. Depois de algumas más escolhas, seu pai percebeu que havia errado com ele e tirou ele do escritório, o colocando como consultor: ele ainda tinha muitos conhecimentos, mas sua “irresponsabilidade” e “falta de pé no chão” o impedia de ser um advogado como seu irmão mais novo na corte.

Mesmo com uma casa razoavelmente boa em Surrey e o dinheiro que recebia do Escritório… Algo faltava.

Harold sentia que podia ser útil de outras formas, e apenas ficar pesquisando tomos antigos de Vade Mecum ou dados nas bases jurídicas britânicas não lhe parecia a melhor forma de viver.

Foi quando a menina em questão apareceu em programa noticialesco. Harold nem lembrava porque a TV estava passando esse tipo de baboseira, mas ele ficou interessado: era um caso de um cara que estava se passando por vampiro para aplicar um golpe em clube de Rugby, para tomar-lhe o terreno. Ele nunca imaginara que tinha picaretas que faziam esse tipo de coisa: lendas e histórias sobre os tais criptídios rolavam em todos os locais, e mesmo Eton tinha um clube de investigação de criptídios. Mas ele nunca tinha se ligado nele…

Até que ele viu as fotos da fadinha, que estava escondida em sua coleção pessoal de fotos.

Ele descobrira o que tinha que fazer.

Quatro dias depois, ele tinha sido deslocado para uma equipe da Weird World News UK como fotógrafo (para tremendo desgosto de seu pai). E eles encontraram Leroy e descobriram um picareta que estava tentando tomar um terreno onde ficava o vilarejo de Leroy pela (pouca) prata da região. Harold ajudou a abrir um processo para declarar a região sítio histórico, devido a certas características que indicavam a presença de povos como os pictos e os saxões na região.

Oficialmente, Harold é o fotografo da equipe, mas na prática ele também ajuda com detalhes jurídicos obscuros. Ele ainda ajuda seu pai como consultor, mas sempre que possível sem se afastar dos demais.

Harold é baixo, pesado, forte e compacto, como esperado de um ex-jogador de Rugby. Ainda que viva com os outros na estrada, dividindo a mesma van de todos, suas roupas ainda demonstram bom gosto e um certo ar burguês almofadinha. Harold tenta ser sem preconceitos, mas existem coisas que o irritam em Seamus e Thomas, além de ter uma certa condescendência com Aysha e Taabish.

Aspectos

Tipo Aspectos
Conceito Fotógrafo de coração, Advogado de “Profissão”
Dificuldade Cockney – burguês até a alma
Motivação “Oh dear, sempre tem algo interessante por aí!”

Atitudes

Correr! Enganar! Enredar! Investigar!
Regular (+1) Regular (+1) Bom (+3) Razoável (+2)

Façanhas (Recarga: 3)

  • Tackle de Rugby – +2 para Criar Vantagens usando Enredar! ao tentar derrubar ou agarrar um alvo
  • Vamos logo com isso – ao Criar Vantagens irritando, reclamando ou apressando seus amigos, eles recebem +3 na primeira vez que usarem tal Aspecto, ao invés de +2

Condições

Valor Condição
1 Não me ensinaram isso em Eton!
1 OK… A situação complicou-se
2 Despirocado!
2 Nos veremos na corte!